Notícia Alternativa
Notícia interessante é Notícia Alternativa - Ciência/Saúde/Cultura/Tecnologia

Cientistas encontram macacos mutantes por causa de pesticidas – Fotos!

0 1.069

Os cientistas encontraram um estranho grupo de macacos mutantes em Uganda, que têm o nariz achatado e as narinas anormalmente pequenas – ou até mesmo sem narina.

Os pesquisadores acreditam que um em cada quatro chimpanzés e babuínos na região nasceu com deformidades faciais – incluindo caras côncavas e deformidades nos dedos.

Considera-se que as deformidades foram causadas por uma mistura perigosa de inseticidas utilizados por agricultores locais. Isso representa uma ameaça previamente subestimada para macacos ameaçados de extinção.

Os cientistas agora querem olhar para o efeito potencialmente horrível que esses produtos químicos poderiam ter nos seres humanos.

O local

O Parque Nacional de Kibale, no sul de Uganda, é uma das regiões mais diversas da África e o lar de mais de uma dúzia de espécies de primatas.

Até 2014, as deformidades faciais entre a população de macacos eram uma raridade – com apenas dois avistamentos antes de 2014, escreve o The Verge.

No entanto, em 2016, 25 por cento dos chimpanzés e 17 por cento dos babuínos nasceram com deformidades físicas impressionantes – embora outras populações a apenas nove milhas de distância nasceram saudáveis.

Alguns babuínos tiveram aberturas adicionais perto de suas narinas. Uma fêmea tinha lábio com fenda e muitas fêmeas pareciam ter problemas reprodutivos – não mostrando interesse na atividade sexual.

“Os chimpanzés e os babuínos nesta área atacam (principalmente o milho) em jardins vizinhos”, disseram os pesquisadores em seu artigo.

“Dezesseis indivíduos jovens dos 66 chimpanzés monitorados apresentaram anormalidades, incluindo narinas reduzidas, deformidades dos membros, problemas reprodutivos e hipopigmentação”, escreveram os pesquisadores.

Como os chimpanzés são protegidos, os pesquisadores não poderiam levar amostras de sangue por interferir fisicamente.

Eles analisaram amostras do solo de fazendas próximas e também testaram peixes na região para traços de pesticidas.

uganda macacos mutantes macacos mutantes

A causa

“Nossas investigações em aldeias e fábricas de chá perto de Sebitoli revelaram o uso de oito pesticidas (glifosato, cipermetrina, profenofos, mancozeb, metalaxil, dimetoato, clorpirifos e amina 2,4-D)”. Escreveram os pesquisadores.

“Análise química de amostras coletadas de 2014 a 2016 mostrou que os níveis médios de pesticidas no milho, sementes, solos e sedimentos do rio nas proximidades do território dos chimpanzés excedem os limites recomendados”.

Os pesquisadores descobriram que um inseticida chamado Chlorpyrifos era maior do que os níveis autorizados e provavelmente causaria deformidades.

Este produto químico sobre excita o sistema nervoso em insetos, o que resulta em sua morte.
Em doses elevadas, pode fazer coisas semelhantes aos humanos e também pode causar problemas de desenvolvimento neurológico em crianças.

Outro inseticida chamado DDT também foi encontrado na fazenda vizinha – um produto químico que foi banido nos EUA na década de 1970.

“Em geral, na África não há muito uso de fertilizantes ou pesticidas porque é muito caro”, disse Colin Chapman, autor do estudo da Universidade McGill, à The Verge.

No entanto, de acordo com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação de 2000 a 2014, as importações de pesticidas para o Uganda aumentaram em 500%.

“Se os chimpanzés estão obtendo por comer um pouco das sementes e culturas”, disse o Dr. Chapman, “e todas as pessoas?”

Fonte: Daily Mail