Notícia Alternativa
Notícia interessante é Notícia Alternativa - Ciência/Saúde/Cultura/Tecnologia

É possível ser gordo e saudável? Confira o que diz nova pesquisa

0 240

Não importa se você está um pouco acima do peso mas se exercita e mantêm uma vida fitness, certo? Infelizmente não, de acordo com os especialistas.

Nenhuma quantidade de peso extra é bom para o seu coração, não importa o quão em forma você esteja por outras medidas, mostram novas pesquisas britânicas.

E a pesquisa anterior da África do Sul, co-autoria do professor Dr. Tim Noakes, indica que mais de 57% das mulheres adultas sul-africanas têm excesso de peso ou estão obesas, o dobro dos homens sul-africanos, enquanto 29% da população total pode ser classificada com sobrepeso ou obesidade .

Peso saudável é crucial

“Nossos achados sugerem que se um paciente está com sobrepeso ou obesidade, todos os esforços devem ser feitos para ajudá-los a voltar a um peso saudável, independentemente de outros fatores”, disse o co-autor do estudo, Dra. Camille Lassale, da Faculdade de Saúde Pública do Imperial College de Londres.

“Mesmo que sua pressão sanguínea, açúcar no sangue e colesterol apareçam dentro da faixa normal, o excesso de peso ainda é um fator de risco”, disse Dra. Lassale em um comunicado de imprensa da universidade.

Na verdade, o risco aumentado de desenvolver doenças cardíacas foi de mais de 25%, concluiu o estudo.

Diminuir o peso corporal reduzir os níveis de colesterol e açúcar no sangue? Absolutamente!

O que o estudo descobriu

O estudo atual utilizou estatísticas sobre a saúde das pessoas em 10 países europeus. Os pesquisadores focaram em peso e sinais de doença cardíaca, geralmente quando os vasos sanguíneos ficam entupidos.

Os autores examinaram mais de 7 600 pessoas que tiveram eventos cardiovasculares, como a morte por ataque cardíaco, e as compararam com 10 000 pessoas que não tiveram problemas cardíacos.

Depois de analisar os dados, os pesquisadores descobriram que pessoas com três ou mais fatores de risco cardíaco, como hipertensão arterial, colesterol elevado ou tamanhos de circunferência grande (mais de 94 cm para homens e 79 cm para mulheres ) eram mais de duas vezes mais propensos a terem doença cardíaca, independentemente de seu peso ser normal ou acima do normal.

Não existe uma obesidade “saudável”

Mas aqueles que foram considerados com sobrepeso e saudáveis ​​ainda tinham 26% mais chances de desenvolverem doenças cardíacas do que seus pares de peso normal.

Aqueles considerados saudáveis, mas obesos, apresentaram um risco 28% maior, concluiu o estudo.

Os achados foram publicados no European Heart Journal.

“Eu acho que não existe mais esse conceito de obesidade saudável”, disse a co-autora do estudo, Dra. Ioanna Tzoulaki, professora sênior em epidemiologia na universidade.

Fonte: Health24