Entenda por que os EUA atravessam a pior onda de frio do século

0 687

Na última terça-feira o Alaska estava mais quente do que a Flórida. O tempo nos EUA está literalmente de cabeça para baixo.

Isso porque o tempo extremamente frio do Ártico escapou da sua prisão atmosférica regular que o mantém por lá.

Em seguida, perambulou do sul para o centro e leste dos Estados Unidos. E isso tem acontecido com mais frequência nos últimos tempos, dizem cientistas.

Porque essa onda de frio atinge os EUA?

O ar super frio fica normalmente trancado no vórtice polar Ártico, que é um gigantesco padrão meteorológico circular em torno do Pólo Norte. O vórtice polar normalmente mantém esse ar frio envolvido.

“Então, quando enfraquece, faz com que uma barragem exploda”, e o ar frio dirige-se para o sul, disse Judah Cohen, um especialista em tempestade de inverno para Atmospheric Environmental Research.

“Isso não é recorde para o Canadá, o Alasca ou o norte da Sibéria, o frio foi simplesmente deslocado”, disse Cohen, que havia previsto um inverno mais frio do que o normal para muitas partes do EUA.

Onda de frio atingiu os EUA nos últimos dias
Onda de frio atingiu os EUA nos últimos dias.

É comum?

Sim, mas por cerca de 10 dias, dessa vez o frio extremo tem sido mais longo. Na terça-feira, Boston empatou seu recorde de dias consecutivos em ou abaixo de -20 graus que foi atingido exatamente há 100 anos.

Para Greg Carbin, do Centro Nacional de Previsão do Tempo do Serviço Meteorológico Nacional, as estatísticas mais significativas são: a temperatura média da semana passada foi a segunda mais fria em mais de um século de medições para Minneapolis, Chicago, Detroit e Kansas City, a terceira mais fria em Pittsburgh e a quinta mais fria da cidade de Nova York.

Acontece apenas nos EUA?

Sim. Enquanto os Estados Unidos estiveram no freezer, o resto do globo estava normal.

O planeta como um todo foi de 0,5 ºC mais quente do que o normal e o Ártico foi 3,4ºC mais quente. Dados da análise do Instituto de Alterações Climáticas da Universidade da Maine.

O que vem a seguir?

O frio continuará e pode realmente piorar durante grande parte da Costa Leste neste fim de semana por causa de uma tempestade que está se formando no Atlântico e no Caribe, o que os meteorologistas estão chamando de “furacão de neve” ou “ciclone bomba”.

Mas os meteorologistas não pensam que a tempestade atingirá a Costa Leste, mantendo a maior parte da neve e os piores ventos sobre o oceano, embora algumas partes do Nordeste ainda possam ter ventos fortes, ondas e alguma neve.

frio nos EUA

O que causa essa instabilidade no vortex polar?

Esta é uma área de debate e pesquisa intensa entre cientistas e provavelmente é uma mistura de mudanças climáticas causadas pelo homem e variabilidade natural, disse Furtado.

As mudanças climáticas não tornaram o vórtice polar mais extremo, mas provavelmente o faz mover mais, o que torna o tempo mais extremo, disse ele.

Um estudo recente da cientista do clima do Instituto Potsdam, Marlene Kretschmer, descobriu que o vórtice polar enfraqueceu-se mais frequentemente desde 1990, mas esse estudo se concentrou mais na Europa.

Como é possível estar mais frio mesmo com o aquecimento global?

Não confunda tempo – que envolve alguns dias ou semanas em uma região – com o clima, que envolve longos anos ou décadas e tem uma abrangência global.

O tempo é como o humor de uma pessoa, que muda frequentemente, enquanto o clima é como a personalidade de alguém, que é mais longo prazo, disse Furtado.

“Alguns dias frios não refutam a mudança climática”, disse Furtado. “Isso é bobo. Assim como um par de dias baixos no mercado de ações não significa que a economia está indo para o lixo “.

Fonte: Daily Mail

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Inscreva-se no Notícia Alternativa
Inscreva-se no Notícia Alternativa
Inscreva-se para receber mais notícias e atualizações
Você pode desativar quando quiser