Notícia Alternativa
Notícia interessante é Notícia Alternativa - Ciência/Saúde/Cultura/Tecnologia

Pilotos revelam a distância surpreendente que os aviões podem voar com motor desligado

0 1.405

Não há dúvida de que a experiência de estar em um avião durante uma falha total do motor nunca será agradável.

Mas pilotos experientes revelaram como esse cenário não significa necessariamente desastre, porque mesmo grandes aviões podem voar por uma distância relativamente grande, o que significa que, ao longo da terra, sempre haverá uma boa chance de chegar a uma pista de aterrissagem.

Um capitão de grande experiência do Reino Unido explicou ao MailOnline Travel que “normalmente um jato pode voar por cerca de duas milhas por cada 1.000 pés de altitude”.

Ele continuou: “Então, a altitude de cruzeiro de 40,000 pés, o alcance da aeronave até o toque na terra é de cerca de 80 milhas”.

Link 100% seguro

Ele acrescentou: “Assim, os pilotos são treinados em técnicas de emergência, mas sempre com a ideia de que ele ganha tempo para que os motores sejam reiniciados.”

Patrick Smith, autor do livro “Cockpit Confidential”, também tem alguns pensamentos reconfortantes sobre o assunto. Ele escreve: “Não há maior perspectiva de calamidade instantânea quando se desliga o motor de seu carro quando está em um declive. O carro continua e um avião também.”

Ele também revela que jatos de passageiros deslizam na maioria das viagens.

Ele escreve: “Não é incomum que os jatos descem ao que um piloto chama de ‘inatividade do vôo’, com os motores retornados para uma condição de impulso zero. Eles ainda estão operando e alimentando sistemas cruciais, mas não fornecendo nenhum impulso. Isso acontece em quase todos os vôos.”

Foto:

rio hudson
Aterrissagem no rio Hudson.

Os pilotos usam essa técnica para descer a aeronave da altitude de cruzeiro para a aterrissagem. Quando o som do motor muda e o ruído reduz, isso que é chamado “inatividade do vôo”.

Houveram várias manobras de deslizamento em emergência bem realizadas por pilotos comerciais ao longo dos anos. O mais famoso é, sem dúvida, o executado pelo capitão Chesley ‘Sully’ Sullenberger em 2009, quando ele deslizou seu A320 até o rio Hudson, em Nova York, após um choque com pássaros que levou a uma falha total do motor.

Fonte: Daily Mail

Inscreva-se no Notícia Alternativa
Inscreva-se no Notícia Alternativa
Inscreva-se para receber mais notícias e atualizações
Você pode desativar quando quiser