Notícia interessante é Notícia Alternativa - Ciência/Saúde/Cultura/Tecnologia

Conheça os estranhos tubarões-fantasmas e seus hábitos sexuais – Vídeo!

0 336

Com os olhos afunilados, barbatanas aladas e a longa cauda de chicote, já é possível imaginar que os tubarões-fantasmas são criaturas bastante estranhas. E, seus hábitos sexuais são, previsivelmente, tão bizarros quanto.

Os cientistas que estudam os peixes de grandes profundidades revelaram algumas características reprodutivas dos tubarões-fantasmas, incluindo um aparelho retrátil em forma de gancho nas cabeças de machos e tubos que permitem às fêmeas armazenarem o esperma por muito tempo depois do sexo – possivelmente até por anos.

O órgão sexual em forma de gancho encontrado na testa dos machos permite-lhes segurar as barbatanas da fêmea enquanto eles se acasalam, de acordo com a National Geographic.

Eles também estão equipados com outro conjunto de grampos ao redor da pelve.

Por pouco surpresa, o acasalamento “não parece ser uma experiência muito agradável para as mulheres”, disse o cientista britânico Brit Finucci, estudante de doutorado na Universidade Victoria de Wellington, à National Geographic.

Embora muito sobre essas criaturas profundas permaneçam um mistério, os esforços recentes deram alguma luz sobre sua história e anatomia.

Novo estudo

Em um novo estudo, os pesquisadores examinaram dois tipos de tubarões-fantasmas, também conhecidos como quimera, em diferentes estágios de maturidade sexual.

A quimera marrom (Chimaera carophila) e o tubarão-fantasma preto (Hydrolagus homonycteris) são espécies raramente capturadas que podem ser encontradas na costa da Nova Zelândia.

Examinando centenas de quimera coletadas em redes de pesquisa a 400-1300 metros abaixo da superfície, bem como espécimes de museus preservados, os pesquisadores descobriram que as fêmeas na família Chimaeridae são capazes de armazenar esperma.

Esses peixes contêm um conjunto de pequenos tubos que lhes permitem embalar no esperma e mantê-lo por longos períodos de tempo.

Pensa-se que eles podem até mesmo armazenar esperma por anos, de acordo com a National Geographic.

Embora suspeitassem que este seja o caso, é a primeira vez que o fenômeno foi confirmado nesta família, o que significa que agora é conhecido por estar presente em todas as famílias na ordem Chimaeriformes, explicam os pesquisadores no estudo.

O comportamento pode parecer estranho, mas nas condições solitárias do oceano profundo, pode ser crucial para sua sobrevivência.

tubarões

“O armazenamento de esperma pode ser particularmente vantajoso para as espécies de profundidade, aumentando a eficiência reprodutiva, permitindo que a fertilização ocorra no horário ideal em um ambiente onde os recursos alimentares podem ser limitados ou onde o acasalamento pode ser difícil devido a encontros infrequentes ou segregação espacial sexual”. Escreveram os autores no estudo.

Hidrolagus homonycteris também pode armazenar esperma, mas uma amostragem adicional de indivíduos do sexo feminino será necessária para confirmar esta hipótese”.

Vídeo:

Fonte: Daily Mail