Isso é o que você precisa saber sobre o vídeo do rato tomando banho

0 1.094

Vocês já viram o vídeo do rato tomando banho? Ele se tornou viral alguns dias atrás, pois parece que o animal está tomando banho como um famoso quadro do castelo Rá-Tim-Bum.

O vídeo foi publicado no Youtube por Jose Correa do Peru. De acordo com José, ele entrou em seu banheiro no sábado de manhã e encontrou o pequeno rato esfregando-se na própria pia.

O rato continuava se esfregando, completamente indiferente ao fato de estar sendo filmado.

Sim, é fofo e sim, a Internet teve muitas perguntas, tais como:

  • Por que ele está se banhando assim?
  • Ele conseguiu fazer isso?

Pare de ler aqui se você quiser continuar acreditando que ele/ela é apenas um rato que entrou na casa de uma pessoa e começou a esfregar-se casualmente para lavar o fedor da vida de esgoto.

Temos más notícias

Vamos começar gentilmente. Primeiro, não é um rato. O fato de o rato do banho não ter cauda é uma pista maciça, bem como o fato de que ele foi filmado no Peru.

“Com o tamanho da cabeça grande, posição bípede, flexões flexíveis, cauda rígida curta e cor consistente do revestimento…este animal se encaixa na identidade de um pacarana (Dinomys branickii)”, disse Dallas Newsweek, do Dallas Krentzel, biólogo evolutivo.

A forma como o animal está de pé também se encaixa com um pacarana, um roedor nativo da América do Sul.

Agora, uma notícia um pouco mais dura – também provavelmente não está desfrutando de um banho. É provável que ele está tentando tirar algo irritante do seu corpo, seja sabão ou outra coisa.

“Um roedor não faria isso a menos que houvesse algo que realmente desejasse se livrar”, disse Tuomas Aivelo a Gizmodo, um biólogo da Universidade de Helsínquia.

“Esse é provavelmente um problema para o animal. Ele só quer se livrar do sabão”.

Não temos certeza de como ele conseguiu se ensaboar. Talvez caiu sobre o sabão, caiu na pia e, com pressa, tirou o sabão e, acidentalmente, começou a espumar-se. Ou talvez o sabão tenha sido colocado no animal.

“Meu palpite é que alguém se aproveitou desse animal”, disse o professor associado Jason Munshi-South à Gizmodo.

Gizmodo perguntou a Aivelo se o rato estava com dor. “É totalmente possível”, ele respondeu.

Fonte: IFLS

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Inscreva-se no Notícia Alternativa
Inscreva-se no Notícia Alternativa
Inscreva-se para receber mais notícias e atualizações
Você pode desativar quando quiser