Falta de sono pode desencadear crises de ansiedade – Veja estudo!

0 852

Em adultos saudáveis, a privação de sono durante a noite desencadeou ansiedade na manhã seguinte, juntamente com padrões alterados de atividade cerebral, relataram cientistas na reunião anual da Society for Neuroscience.

Pessoas com transtornos de ansiedade muitas vezes têm dificuldade em dormir. Os novos resultados revelam o efeito inverso – que o sono precário pode induzir ansiedade.

O estudo mostra que “é uma interação de mão dupla”, diz Dr. Clifford Saper, pesquisador do sono da Harvard Medical School e do Beth Israel Deaconess Medical Center, em Boston, que não participou do estudo. “A perda de sono piora a ansiedade, o que dificulta o sono”.

Os pesquisadores do sono Eti Ben Simon e Matthew Walker, ambos da Universidade da Califórnia, em Berkeley, estudaram os níveis de ansiedade de 18 pessoas saudáveis. Após uma noite de sono ou uma noite em claro, essas pessoas fizeram testes de ansiedade na manhã seguinte.

Após a privação do sono, os níveis de ansiedade nessas pessoas saudáveis ​​eram 30% mais altos do que quando dormiam. Em média, os níveis de ansiedade atingiram os níveis observados em pessoas com transtornos de ansiedade, disse Ben Simon em uma coletiva de imprensa.

Além disso, a atividade cerebral das pessoas privadas de sono mudou. Em resposta aos vídeos emocionais, as áreas cerebrais envolvidas nas emoções eram mais ativas, e o córtex pré-frontal, uma área que pode frear a ansiedade, era menos ativo, mostraram os exames de ressonância magnética funcional.

Os resultados sugerem que o sono ruim “é mais do que apenas um sintoma” de ansiedade, mas em alguns casos, pode ser uma causa, disse Ben Simon.

Fonte: Science News

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More