Notícia interessante é Notícia Alternativa - Ciência/Saúde/Cultura/Tecnologia

Facebook desligou robôs após eles terem criado língua própria – Veja!

0 401

O Facebook encerrou duas inteligências artificiais que pareciam conversar umas com as outras em uma linguagem estranha que apenas eles entendiam.

Os dois chatbots vieram a criar suas próprias mudanças no inglês, o que facilitou o trabalho deles, mas que permaneceu misterioso para os humanos que supostamente cuidavam deles.

As estranhas discussões surgiram quando o Facebook desafiou seus chatbots a tentar negociar uns com os outros como em um comércio, tentando trocar chapéus, bolas e livros, cada um deles recebendo um certo valor.

Mas eles rapidamente desligaram as máquinas quando os robôs pareciam cantar um ao outro em uma linguagem que cada um entendia, mas que parece ser incompreensível para os humanos.

Os robôs haviam sido instruídos a descobrir como negociar entre si e a melhorar o seu truque à medida que avançavam.

As negociações reais parecem muito estranhas, e não se parecem especialmente úteis para nós.

Veja a conversa:

Bob: i can i i everything else . . . . . . . . . . . . . .

Alice: balls have zero to me to me to me to me to me to me to me to me to

Bob: you i everything else . . . . . . . . . . . . . .

Alice: balls have a ball to me to me to me to me to me to me to me

Bob: i i can i i i everything else . . . . . . . . . . . . . .

Alice: balls have a ball to me to me to me to me to me to me to me

Bob: i . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Alice: balls have zero to me to me to me to me to me to me to me to me to

Bob: you i i i i i everything else . . . . . . . . . . . . . .

Alice: balls have 0 to me to me to me to me to me to me to me to me to

Bob: you i i i everything else . . . . . . . . . . . . . .

Alice: balls have zero to me to me to me to me to me to me to me to me to

A experiência do Facebook não foi a única vez que a inteligência artificial inventou novas formas de linguagem.

No início deste ano, o Google revelou que a inteligência artificial que ele usa para sua ferramenta de traduções criou seu próprio idioma, do qual traduziria coisas.

Mas a empresa ficou feliz com esse desenvolvimento e permitiu que ele continuasse.

Outro estudo na OpenAI descobriu que a inteligência artificial poderia ser encorajada a criar uma linguagem, tornando-se mais eficiente e melhor em se comunicarem.

Fonte: Independent.co.uk