Notícia Alternativa
Notícia interessante é Notícia Alternativa - Ciência/Saúde/Cultura/Tecnologia

Ostras causam surto de doença no Canadá

0 51

Um surto de norovírus ligado a ostras está agora sob investigação das autoridades de saúde canadense.

A Agência de Saúde Pública do Canadá (PHAC) disse ter começado o processo de investigação sobre os casos relatados em Alberta e Ontário.

A partir de 14 de fevereiro, a agência disse ter conhecimento de casos relatados de norovírus ligados a ingestão de ostras cruas.

“Sabemos que a causa são ostras, mas além disso, não sabemos o que está contaminado as ostras.”

Fonte difícil de identificar

Dr. Samadhin disse que surtos de norovírus relacionados a ostras desta escala são raros no Canadá.

Ele disse que esse surto não parece vir de uma determinada fonte. Ele disse que o DFO e a CFIA fecharam várias fazendas para o curto prazo após testes norovírus positivos.

Samadhin disse que quando ostras estão contaminadas com norovírus, geralmente é devido ao contato com esgotos não tratados, mas a investigação ainda tem de provar a causa exata do surto atual.

Norovírus

O norovírus é um vírus relativamente comum que pode ser contraído de muitas fontes, disse Dr. Samadhin – incluindo aqueles já infectados, o que pode dificultar a localização da fonte original.

“Esses casos de transmissão secundária teriam contraído a doença de alguém que estava doente e não necessariamente do contato direto com a comida”, disse Samadhin.

O que fazer

Samadhin disse que a melhor maneira de evitar contrair norovírus a partir de marisco é seguir as práticas de segurança alimentar adequadas.

Isto inclui assegurar que o marisco esteja cozido até o fim antes de o comer, mantendo os alimentos crus separados dos alimentos cozidos e lavar bem as mãos – especialmente se tiver tido contato com alguém que esteja doente.

Os sintomas de norovírus incluem náuseas, vômitos e diarreia.

Dr. Samadhin disse que as pessoas geralmente se recuperam da doença em um ou dois dias e muitas vezes não buscam atendimento médico.

Mas ele disse que se alguém ficar doente depois de comer ostras, eles devem entrar em contato com um prestador de cuidados de saúde e garantir que o caso é relatado à sua autoridade local de saúde.

O aviso completo de saúde pública do PHAC sobre o surto pode ser encontrado em seu website.

 

Fonte: CBC Canadá