Notícia Alternativa
Notícia interessante é Notícia Alternativa - Ciência/Saúde/Cultura/Tecnologia

Wifi pode se tornar 100 vezes mais rápido em um futuro próximo – Saiba como!

0 306

O wifi super rápido 100 vezes mais rápido do que o atual pode virar realidade através de ondas de radiação de alta frequência.

Pesquisadores dos EUA pela primeira vez foram capazes de enviar sinais de vídeo usando terahertz, em vez de microondas tradicionais.

As ondas Terahertz, que são radiações de alta frequência, permitem que os dados viajem a 50 gigabits por segundo.

Isso oferece velocidades de transmissão em torno de 100 vezes mais rápidas do que as possíveis hoje, nas quais redes sem fio atingem uma velocidade máxima de 500 megabites.

Link 100% seguro

O professor Dr. Daniel Mittleman, da Brown University nos EUA, disse: “Mostramos que podemos transmitir fluxos de dados separados em ondas terahertz a velocidades muito altas e com taxas de erro muito baixas.”

“Esta é a primeira vez que alguém caracteriza um sistema de multiplexação de terahertz usando dados reais, e nossos resultados mostram que nossa abordagem pode ser viável em futuras redes sem fio terahertz”.

Daniel Mittleman
Professor Daniel Mittleman, da Brown University nos EUA

As redes atuais de voz e dados usam microondas para transportar sinais sem fio. Mas a demanda por dados está rapidamente se tornando mais do que as redes de microondas podem manipular.

As ondas Terahertz têm frequências mais altas do que as microondas e, portanto, uma capacidade muito maior para transportar dados.

No entanto, os cientistas estão apenas no começo da experimentação dessas frequências terahertz, e muitos dos componentes básicos necessários para a comunicação terahertz ainda não existem.

Esta é a primeira vez que as ondas terahertz foram usadas para enviar vários sinais através de um único canal. Isso é chamado de “multiplexação” e é a mesma tecnologia que permite que um cabo carregue vários canais de TV ou centenas de usuários para acessar uma rede sem fio Wi-Fi.

Mas os autores dizem que as tecnologias de terahertz ainda estão longe, até que os reguladores comecem a alocar bandas de frequência para seu uso.

Fonte: Daily Mail

Inscreva-se no Notícia Alternativa
Inscreva-se no Notícia Alternativa
Inscreva-se para receber mais notícias e atualizações
Você pode desativar quando quiser