Rússia mantém proibição de visto para estrangeiros HIV positivo

0 56

As pessoas que vivem com o HIV continuarão a enfrentar restrições rigorosas sobre a sua capacidade de viajar para a Rússia.

O Ministério da Saúde da Rússia havia proposto o desmantelamento da proibição em uma tentativa de combater a discriminação contra pessoas com a doença.

Os estrangeiros HIV positivos são atualmente incapazes de receber vistos de longo prazo ou viver na Rússia. Não afeta aqueles que viajam com um visto de turista.

Os planos para acabar com a proibição foram retirados após a oposição do Ministério dos Assuntos Internos, que alegou que a mudança poderia “comprometer a segurança nacional” ameaçando “a saúde do povo russo”, informou segunda-feira a RBC.

O Ministério da Saúde ainda espera retirar a legislação que proíbe as pessoas com HIV de adotar ou servir no exército.

Estrangeiros com HIV só ganharam o direito de viver no país com um parceiro russo, filho ou pai em março de 2015.

O Tribunal Constitucional da Rússia decidiu sobre o caso depois que dois cidadãos ucranianos e um moldavo se viram privados de sua residência e deportados depois de serem testados com HIV positivo – apesar de estarem casados ​​com cidadãos russos.

Leia mais

Em Outubro de 2016, foi também declarada inconstitucional a proibição de entrada de estrangeiros que se recuperaram totalmente de doenças infecciosas como a tuberculose.

 

Fonte: The Moscow Times

Comentários

Loading...