Ursos polares invadem vilarejo em busca de comida

0 241

Dezenas de ursos polares lotaram uma vila no extremo leste da Rússia em busca de comida, forçando os eventos públicos a serem cancelados e os humanos a se abrigarem.

Cerca de 60 ursos polares apareceram em Ryrkaypiy, na remota região de Chukotka, na Rússia, Tatyana Minenko, chefe da “patrulha de ursos” da vila, disse à agência de notícias estatal russa RIA Novosti.

Os ursos polares estão comendo as carcaças de morsas que permaneceram nas margens da vila desde o outono, disse quinta-feira a filial russa do Fundo Mundial para a Natureza (WWF) em comunicado.

“Quase todos os ursos são magros”, disse Minenko no comunicado da WWF. “Entre eles estão adultos e animais jovens; existem fêmeas com filhotes de diferentes idades”, disse ela.

Ryrkaypiy tem uma população de cerca de 500 moradores, de acordo com a agência de notícias estatal TASS. Ele está situado perto da costa do Oceano Ártico e fica em frente à Ilha Wrangel, conhecida por ser uma “maternidade” para ursos polares, disse a TASS.

Temperaturas acima do normal estão fazendo o gelo derreter, o que está afetando os hábitos de caça dos ursos, de acordo com o WWF.

“Se o gelo fosse forte o suficiente, os ursos, ou pelo menos alguns deles, já teriam ido para o mar, onde poderiam caçar focas ou lebres”, disse Mikhail Stishov, coordenador de projetos do WWF-Rússia para a conservação de animais.

Biodiversidade do Ártico

“Situações semelhantes estão se tornando a norma”, disse ele. “Precisamos nos adaptar a isso para que nem as pessoas nem os ursos sofram”.

Voluntários e moradores começaram a patrulhar a área ao redor da vila, incluindo escolas e jardins de infância, para evitar encontros com convidados inesperados, disse a WWF.

Todos os eventos públicos foram cancelados e as crianças estão sendo transportadas para a escola em ônibus.

Leia mais

“A situação psicológica em (Ryrkaypiy) é complicada, as mulheres se preocupam porque seus filhos vão para a escola a pé”, disse Anatoly Kochnev, cientista do Instituto de Problemas Biológicos do Norte da Rússia, à agência de notícias estatal TASS.

Fonte: CNN

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More