Tubarão branco é flagrado em comportamento raro – Assista!

0 241

Durante um mergulho em gaiolas na costa da Austrália, um grupo de turistas detectou um comportamento verdadeiramente incomum de um tubarão branco.

A criatura foi vista nadando de costas para o espanto das testemunhas, incluindo o chefe da expedição, que disse nunca ter visto esse comportamento antes.

As filmagens foram feitas por Wendy Bower-Leech em um barco pertencente ao Calypso Star Charters. Segundo um porta-voz da empresa, o tubarão era uma fêmea com aproximadamente 3,5 metros de comprimento.

“Ele nadou de costas por vários segundos, como mostrado no vídeo, mas o tubarão ficou nas proximidades de nossa gaiola de mergulho por algumas horas para o deleite de nossos convidados”, disse o porta-voz à Fox News pelo Facebook.

Amazing shark footage – October 3rd 2019

Check out this amazing footage filmed on a trip earlier this month of this very curious female shark showing off swimming on her back! We do not see them do this very often at all, in fact it was the first time Captain Dave had seen it himself! Footage by guest Wendy Bower-Leech, thank you for sharing it with us!

Posted by Shark Cage Diving – Calypso Star Charters on Friday, October 25, 2019

Não está claro por que o tubarão estava nadando de uma maneira tão peculiar, mas existem algumas possibilidades.

“Meu palpite é que ele estava boiando no barco para verificá-lo e acabou nadando involuntariamente de costas no processo, o que quase paralisa os tubarões”, disse Molly Zaleski, cientista marinho do Alasca à IFLScience. “Os tubarões (e alguns outros animais) têm essa reação de nadar de cabeça para baixo, chamada ‘imobilidade tônica’, que causa um estado temporário de inatividade'”.

Durante esse estado, os músculos do animal relaxam e sua respiração se torna mais profunda e rítmica, de acordo com o Shark Trust.

Não está claro qual é a função desse estado de paralisia, se houver. Alguns sugerem que o estado de hipnose é vantajoso durante o acasalamento. Outros dizem que pode ser uma resposta de medo que os leva a um estado catatônico.

Em certos animais, esse estado é útil quando se lida com predadores (ou seja, fingindo de morto).

Leia mais

Predadores como tubarões brancos não parecem exigir esse mecanismo de defesa. Ainda assim, pode ser um comportamento vestigial, sobra de quando era necessário nos tempos antigos.

Hoje em dia, pode realmente ser usado contra eles. O Shark Trust relata que as orcas foram detectadas em algumas ocasiões aproveitando (intencionalmente ou não) a imobilidade tônica para sufocar os tubarões brancos, que precisam se mover continuamente para respirar.

Fonte: IFLS

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More