Declarado morto, telescópio Kepler descobre exoplanetas.

0 10

O telescópio Kepler está morto! Não, não está. O satélite caçador de exoplaneta da NASA, parecia quebrado e sem chances de reparo há 3 anos. Hoje ele mostra que está muito vivo com um lote de mais de 100 novos planetas descobertos em 2015.

Telescópio Kepler. Kepler foi concebido para olhar as estrelas na tentativa de encontrar planetas distantes. Ele foi um sucesso fenomenal após o seu lançamento de 2009. Durante 4 anos ele reuniu dados que foram usados ​​para identificar mais de 2300 exoplanetas e milhares de potenciais exoplanetas.

Mas em 2012, com 3 anos de idade, um de seus quatros reatores (usado para apontar a sonda no seu destino) falhou. Quando um segundo quebrou em 2013, tudo parecia perdido. Mas os controladores em terra de Kepler veio com uma estratégia inteligente para manter a nave espacial trabalhando com apenas dois reatores remanescentes.

Kepler não podia mais manter-se estável apontando para seu alvo original. Agora ele move-se lentamente através do céu. NASA redirecionou a missão, e os cientistas propuseram procurar exoplanetas em torno de estrelas menores, mas mais estreitas e mais brilhantes.

The Astrophysical Journal

Uma equipe internacional de pesquisadores revelou hoje no The Astrophysical Journal sua primeira captura de 104 exoplanetas. Todos os quais foram validados por observações com telescópios terrestres. Como eles estão em torno de estrelas mais perto da Terra, os astrônomos serão capazes de segui-los mais detalhadamente com outros telescópios, medindo suas massas e sondando a composição de suas atmosferas de sinais de vida.

Fonte: Science Magazine

Leia mais

Comentários

Loading...