Refrigerante está impulsionando a doença crônica mais comum do mundo.

0 24

É hora de começar a considerar o impacto das bebidas açucaradas não apenas sob os fantasmas da obesidade e diabetes, mas também sob a cárie dentária.

As chamadas “cárie dentária”, é o número um das doença crônica no mundo, de acordo com um estudo de 2010. Em crianças as questões sobre a saúde dentária é especialmente preocupante: Nos EUA, mais de metade das crianças de 6-8 anos de idade já teve cárie dentária, de acordo com os Centros de Prevenção e Controle de Doenças. Mas os adultos também estão sofrendo. Mais de um quarto dos americanos idades 20-44 tinham cárie dentária não tratada em 2012.

Enquanto o açúcar tem sido reconhecida como uma fonte de cáries dentárias, quando se trata de refrigerantes, ele apresenta uma dupla ameaça. As bactérias presente na boca se alimentam de açúcar e como consequência acabam produzindo ácidos que danificam o esmalte do dente e levam a cáries. O refrigerante, porém, já é ácido.

“O açúcar e o ácido quando juntos são como um golpe duplo para um dente”, diz Mary Hayes, porta-voz da American Dental Association e odontopediatra. Refrigerante Diet também é ácido e não impede a ação sobre os dentes.

Não são apenas os refrigerantes que causam cárie dentária, Marion Nestle escreve em seu livro, “Soda Polítics”,  que outros fatores estão aumentando a incidência de cárie, dentre os produtos ela inclui suco de caixinha (risco 0,90 vezes), bebidas esportivas (1,58 vezes) e leite (0,67 vezes). Mas ela ressalta “refrigerantes são a causa principal.”

Consumo de refrigerante está associado ao aumento de 2,4 no risco de erosão dental.

 

Mais informações/Fonte: Quartz

Leia mais

Comentários

Loading...