Uma única refeição Tailandesa pode lhe dar câncer de fígado

0 378

Um médico na Tailândia iniciou uma nova campanha para tentar evitar que as pessoas comam um prato local que pode matar.

Impulsionado pelas mortes de seus pais, ele está tentando educar as pessoas quanto aos perigos de comer um prato muito amado em sua região que contém peixes crus.

O prato é algo conhecido como koi pla, uma refeição barata feita com peixe cru, ervas, especiarias e suco de limão, e é particularmente popular em uma das regiões mais pobres da Tailândia, Isaan.

Comido por milhões de pessoas, o prato também é conhecido por ter um efeito colateral mortal: pode causar o desenvolvimento de câncer de fígado.

Não é o peixe o agente causador, mas sim vermes parasitas, que muitas vezes são encontrado dentro deles.

Estes vermes são tão prevalentes e o prato é tão popular que o nível de câncer de fígado na província de Isaan é estranhamente alto.

Na verdade, pensa-se que a doença representa mais de 50% dos cânceres diagnosticados em homens nesta região, em comparação com apenas 10% globalmente.

Foi depois que os dois pais de Narong Khuntikeo morreram de câncer no duto biliar conhecido oficialmente como colangiocarcinoma que ele passou a estudar medicina e se especializou como cirurgião de fígado.

koi pla
Koi pla: a refeição tailandesa que pode matar.

Agora ele está em uma missão para educar as pessoas quanto ao perigo que essa refeição Tailandesa representa

Ele organizou um grupo de médicos, cientistas e pesquisadores para fazer exames de urina e ultra-som na população de Isaan.

Leia mais

O peixe usado para fazer o prato é pego em Mekong, onde a doença no fígado é generalizada. Uma vez que o peixe é comido cru, isso significa que ao longo do tempo, os moradores locais acumulam uma alta carga parasitária que pode levar ao desenvolvimento de câncer de fígado.

Em sua missão de ensinar as pessoas sobre a ameaça do acidente, Narong encontrou muitas pessoas que comeram o prato local desde que eram jovens, mas que nunca foram testadas.

Muitos não sabem do perigo de comer koi pla e muitas vezes são mais velhas e fazem isso em casa. É por isso que Narong está tentando alcançar o maior número possível de moradores locais.

No entanto, não foi fácil persuadir as pessoas a fazerem os testes.

O prato, apesar do seu perigo, é uma iguaria na região e as pessoas estão comendo por décadas. Os habitantes locais, em particular os idosos, são resistentes à mudança e sentem que cozinhar o peixe, que é a melhor maneira de matar o parasita, arruína o sabor.

Fonte: IFLS