Ingredientes de protetor solar podem causar problemas em homens.

0 10

Alguns dos produtos químicos usados como filtros ultravioleta (UV) ​​em protetor solar podem interferir com a função das células de esperma humano, e alguns chegam a imitar o efeito do hormônio feminino progesterona, novo estudo constata.

Protetor solar pode causar dano à células reprodutivas em humanos. Essa descoberta foi encontrada no estudo dinamarquês apresentado na última sexta-feira no 98º Encontro Anual da Sociedade de Endocrinologia, em Boston. “Estes resultados são motivo de preocupação e pode explicar em parte porque infertilidade inexplicada é tão prevalente”, disse o investigador principal do estudo, Niels Skakkebaek, MD, DMSc, professor da Universidade de Copenhague e pesquisador do Hospital Universitário de Copenhagen, Rigshospitalet.

Embora a finalidade dos filtros químicos UV é reduzir a quantidade de raios UV do sol que atingem a pele, alguns produtos químicos acabam rapidamente absorvidos pela pele, disse Skakkebaek. produtos químicos utilizados como filtro UV foram encontrados em amostras de sangue humano e em 95% das amostras de urina em pessoas no EUA, Dinamarca e outros países.

Skakkebaek e seus colegas testaram 29 dos 31 filtros UV permitidos em filtros solares nos EUA e na União Europeia (UE) em células vivas saudáveis de esperma ​​humano, a partir de amostras de sêmen fresco obtidos a partir de vários doadores saudáveis. Os espermatozoides foram submetidos a testes em uma solução tampão que se assemelhava as condições das trompas uterinas.

Os pesquisadores descobriram que 13 dos 29 filtros (45%) UV testados induziram influxo de íons de cálcio nas células de esperma, interferindo assim com o funcionamento normal dessas células. “Este efeito começou em doses muito baixas de substâncias químicas, abaixo dos níveis de alguns filtros UV encontrados em pessoas após a aplicação de todo o corpo de filtros solares”, disse Skakkebaek.

Ele acrescentou: “Nosso estudo sugere que as agências reguladoras devem ter um olhar mais atento para os efeitos do filtro UV sobre a fertilidade antes da aprovação.”

Oito dos 13 filtros UV que interromperam a função das células de esperma são aprovados para uso em os EUA. Eles são avobenzone, homosalate, meradimate, octisalate (também conhecida como salicilato de octilo), octinoxate (ou octilo metoxicinamato), octocrylene, oxybenzone (também chamado benzophenone- 3 ou BP-3) e padimate O. Estes produtos químicos são ingredientes comuns ativos em protetores solares, bem como produtos de higiene pessoal contendo filtros solares, como maquiagem, hidratantes e protetores labiais.

Leia mais

Fonte: News Wise

Comentários

Loading...