Você sabe o motivo da prostituição ser ilegal em vários países?

0 42

Acredite ou não, a prostituição se espalhou, tornou-se generalizada e legal até o final da Segunda Guerra Mundial. Então, por que se tornarou fora da lei em vários países?

Os primeiros bordéis conhecidos foram iniciados na Grécia, no século 5 a.C., e se espalhou por toda a Europa durante o período medieval. Homens casados e do clero ​​não eram autorizados a frequentá-los, embora não aplicada de forma estrita. Bordéis eram administrados por Madames, tipicamente uma ex-prostituta, que conduziam o funcionamento da casa, faziam a contratação e demissão, recolhiam o dinheiro de cada mulher para pagar a hospedagem e alimentação. Essas taxas de alojamento e alimentação eram caras, o que deixou as prostitutas com pouca renda, forçando-as a permanecer dentro do comércio.

Clássica foto de Hitler com a Torre Eiffel ao fundo. Paris foi controlada pelas Forças Armadas alemãs.

Durante a Segunda Guerra Mundial, os nazistas tomaram o controle de alguns dos bordéis mais luxuosos de Paris para usar em lazer próprio. Após a guerra, as prostitutas eram vistas como conspiradoras e foram cruelmente arrastadas para a rua por uma multidão enfurecidas que lhes rasparam a cabeça e tatuaram suásticas em seus rostos. Depois, o líder franceses Charles de Gaulle, junto com Marthe Richard, ex-prostituta que virou política, trabalharam para fechar todos os bordéis na França, e logo o resto da Europa e da América seguiram seus passos.

Hoje, a prostituição é legal em vários países, incluindo a Nova Zelândia, onde a Anistia Internacional afirma que as prostitutas têm uma melhor qualidade de vida do que em lugares onde o trabalho sexual é criminalizada. Anistia está pressionando para que a prostituição seja legalizada em todo o mundo como um direito humano, mas muitas pessoas pensam que apenas os clientes e cafetões se beneficiariam, e não as próprias trabalhadoras do sexo.

Fonte: Seeker.com

Comentários

Loading...