Por que os gatos comem grama? Confira a resposta!

0 359

Muitos de nós gastamos nossas vidas servindo-os, mas os gatos continuam sendo uma criatura profundamente misteriosa.

Eles realmente odeiam humanos? Por que, como o YouTube nos mostrou, eles têm medo de pepino? Por que comem grama apenas para vomitar alguns minutos depois?

Esta última questão tem sido objeto de investigação por pesquisadores da Escola de Medicina Veterinária da Universidade da Califórnia.

Apresentando suas descobertas no 53º Congresso da Sociedade Internacional de Etologia Aplicada na Noruega este mês, eles questionaram mais de 1.000 donos de gatos nos Estados Unidos sobre seu companheiro felino e seus hábitos alimentares.

Veja como os dados de vômito de gato falharam: mais de 60% dos gatos foram vistos comendo plantas em pelo menos 10 vezes, enquanto apenas 11% nunca foram vistos.

Na maioria das vezes, o consumo de plantas não afetou os gatos, embora cerca de 27% dos gatos tendessem a vomitar pouco depois.

Não houve diferença notável entre os comedores de grama e os que não comiam grama, exceto pela idade. Entre os gatos jovens, com 3 anos de idade ou menos, quase 40% deles se alimentavam de plantas diariamente, em comparação com 27% dos gatos de 4 anos ou mais.

A explicação mais comum para a ingestão de grama é que o gato se sente mal e come plantas para induzir o vômito, fazendo com que ele se sinta melhor. No entanto, a equipe de pesquisadores suspeita de um motivo diferente.

Em vez disso, eles acreditam que é uma “predisposição inata” compartilhada por ancestrais selvagens. Citando pesquisas realizadas em primatas, os pesquisadores sugerem que animais silvestres frequentemente comem grama não-digerível para purgar o trato intestinal de parasitas.

“Dado que virtualmente todos os carnívoros silvestres carregam uma carga parasitária intestinal, o consumo regular e instintivo de plantas teria um papel adaptativo na manutenção de uma carga parasitária intestinal tolerável, quer o animal detecte ou não os parasitas”, explica a equipe em um resumo de seus dados.

Fonte: 53rd Congress of the International Society for Applied Ethology

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More