Notícia interessante é Notícia Alternativa - Ciência/Saúde/Cultura/Tecnologia

Plástico produzido desde 1950 equivale a 1 bilhão de elefantes

0 254

O plástico criado desde a década de 1950 equivale a um bilhão de elefantes e a maior parte deles terminou em aterros sanitários, revelou um novo estudo alarmante.

Pesquisadores da Universidade da Geórgia e da Universidade da Califórnia descobriram que até 2015 os seres humanos haviam gerado 8,3 bilhões de toneladas de plásticos e 6,3 bilhões de toneladas se tornaram resíduos.

Apenas nove por cento dos resíduos de plástico foram reciclados, 12 por cento foram incinerados e 79 por cento se acumularam em aterro sanitário ou no ambiente natural.

Se as tendências atuais continuarem, cerca de 12 bilhões de toneladas de resíduos de plástico estarão em aterros sanitários ou oceanos poluentes até 2050.

“A maioria dos plásticos não se biodegrada em nenhum sentido significativo, de modo que os desperdícios de plástico que os seres humanos geraram podem estar conosco por centenas ou mesmo milhares de anos”, disse a professora associada,  Dra. Jenna Jambeck.

“Nossas estimativas ressaltam a necessidade de pensar criticamente sobre os materiais que usamos e nossas práticas de gerenciamento de resíduos”.

Os pesquisadores compilaram estatísticas de produção de resinas, fibras e aditivos de várias fontes da indústria desde 1950 para calcular a quantidade de plástico que havia sido criada nos 65 anos seguintes.

A produção global de plásticos aumentou anualmente de dois milhões de toneladas métricas em 1950 para mais de 400 milhões de toneladas em 2015, de acordo com o estudo.

Esse dado superando a maioria dos outros materiais artificiais. Somente escarpado e cimento são mais onipresentes, mas, ao contrário dos materiais de construção que duram décadas, a maioria dos materiais de plástico é rapidamente descartada.

Outras equivalências:

Plástico produzido desde 1950:

Leia mais

= 822mil Torres Eifel

= 25mil Empire States Biulding

= 80 milhões de baleias azuis.

Fonte: Telegraph.uk