Uso prolongado de anti-inflamatórios pode causar perda auditiva

0 5




Até dois terços das mulheres nos Estados Unidos com mais de 60 anos têm algum grau de perda auditiva.

Usando dados do Nurses ‘Health Study, uma equipe liderada por pesquisadores do Harvard-afiliado Brigham and Women’s Hospital (BWH) encontrou evidências de que o uso de medicamentos além do tempo recomendado para alívio da dor, incluindo ibuprofeno ou acetaminofeno, é associado a maior risco de perda auditiva.

O novo estudo, publicado hoje no American Journal of Epidemiology, acrescenta a um crescente corpo de evidências que ligam o uso de anti-inflamatórios não-esteroides (AINEs) ou acetaminofeno com perda de audição, embora o mecanismo exato em jogo permaneça desconhecido.

“A perda auditiva é extremamente comum nos Estados Unidos e pode ter um impacto profundo na qualidade de vida”, disse o autor sênior Dr. Gary Curhan, um médico da Divisão Channing de Network Medicine no Brigham and Women’s Hospital. “Encontrar fatores de risco modificáveis ​​poderia nos ajudar a identificar formas de reduzir o risco antes que a perda auditiva comece e diminua a progressão naqueles com perda auditiva”.

A equipe de pesquisa examinou dados de mais de 54.000 mulheres entre as idades de 48 e 73 inscritos no Nurses ‘Health Study. Eles analisaram informações sobre o uso de aspirina, ibuprofeno e paracetamol, bem como perda auditiva auto-referida.

A maior duração do uso de ibuprofeno ou acetaminofeno foi associada com maior risco de perda auditiva. A equipe não encontrou uma associação significativa entre a perda auditiva e a duração da dose usual de aspirina. (A perda auditiva é um efeito colateral estabelecido de altas dosagens de aspirina, mas essas doses tornaram-se raras nas últimas duas décadas).

Leia mais

Mais estudos são necessários

Os autores do estudo observam que os dados dos Institutos Nacionais de Saúde estão limitados principalmente às mulheres brancas mais velhas e que uma maior investigação em grupos maiores e entre outras populações será importante para entender a conexão entre perda auditiva e uso de analgésicos.

A equipe já publicou achados que indicam que o uso mais freqüente de AINEs e acetaminofeno está associado com maior risco de perda auditiva em homens e mulheres mais jovens.

Fonte: Harvard News

Comentários

Loading...