Notícia interessante é Notícia Alternativa - Ciência/Saúde/Cultura/Tecnologia

Produzir um único pão também contribuí para o aquecimento global

0 20

Um único pão produzido contribui tanto para o aquecimento global como mais de meio quilo de dióxido de carbono, a pesquisa mostrou.

Cultivar o trigo para o pão, e especialmente o uso de fertilizantes, representou facilmente a maior fatia do impacto ambiental do pão, disseram pesquisadores.

A equipe de pesquisa sugere que a maioria das pessoas não compreende completamente os impactos ambientais dos alimentos que compram.

O fertilizante de nitrato de amônio usado na cultura do trigo compunha 43% dos fatores calculados sobre o impacto de um pão integral de 800 gramas.

Pesquisadores da Universidade de Sheffield analisaram a cadeia de suprimentos, desde o cultivo e colheita do trigo até a moagem do grão, a produção da farinha, o cozimento do pão e a embalagem do produto final.

O cientista-chefe Dr. Liam Goucher, do Grantham Center for Sustainable Futures da universidade, disse: “Os consumidores geralmente não têm consciência dos impactos ambientais incorporados nos produtos que compram – particularmente no caso de alimentos, onde as principais preocupações são geralmente sobre saúde ou animal.”

O impacto da produção de um pão

Cada pão exigia o cultivo de apenas 0,72 metro quadrado de terra, usando até 42 gramas de nitrato de amônio granular, disseram os pesquisadores na revista Nature Plants.

Durante a moagem, um total de 520 gramas de farinha foi produzido em processos que consumiram cerca de 0,07 quilowatts de eletricidade.

O cozimento foi calculado para usar um total de 0,09 quilowatts e foi rotulado como um “hotspot” do aquecimento global, representando 9,7% do GWP do pão.

A contribuição das máquinas agrícolas para o GWP foi surpreendentemente modesta 5,2 por cento.

Leia mais

A embalagem contribuiu com 3,1 por cento, apesar de uma mudança para embalagens de polietileno de baixa densidade, reduzindo seu impacto ambiental.

“Com mais de 100 milhões de toneladas de fertilizantes usadas globalmente a cada ano para apoiar a produção agrícola, este é um problema enorme, mas o impacto ambiental não é avaliado dentro do sistema e, portanto, não há incentivos reais para reduzir nossa dependência de fertilizantes”.

Fonte: Daily Mail