Paciente com câncer em estágio avançado é curada – Entenda!

0 529

Uma mulher que recebeu poucos meses de vida, depois que todos os tratamentos para o câncer de mama falharam, foi completamente curada por um tratamento inovador.

Judy Perkins tinha tumores do tamanho de ameixas em seu fígado depois que o câncer de mama se espalhou por seu corpo.

No entanto, após sete tipos de quimioterapia falharem, os tumores da mulher de 52 anos foram totalmente destruídos por seus próprios glóbulos brancos.

Perkins está livre do câncer há dois anos, graças a um revolucionário tratamento imunoterápico administrado pelos Institutos Nacionais de Saúde, revela um novo estudo.

Ela disse: “Parece milagroso e estou mais do que espantada por estar livre de câncer por dois anos. Especialistas podem chamar de remissão prolongada, mas eu chamo de cura.”

“Em duas semanas, senti os tumores na parede do meu peito encolherem e comecei a me sentir melhor. Os médicos estavam radiantes com os resultados – eles estavam praticamente sapateando de felicidade.”

Ela foi uma das primeiras pacientes a usar o tratamento, chamado de ‘transferência de células adotivas’, para tratar com sucesso o câncer de mama e espera-se que esteja disponível para um grupo maior de pacientes dentro de cinco anos.

A mãe de dois filhos está sem câncer há dois anos e sua história é publicada na prestigiada revista científica Nature Medicine.

A abordagem utilizada foi apresentada na conferência anual da Sociedade Americana de Oncologia Clínica, esta semana.

Perkins disse: ‘Minha condição piorou muito no final e eu tive um tumor pressionando um nervo, o que significava que eu gastava meu tempo tentando não me mover para evitar que a dor caísse pelo meu braço. Eu desisti de lutar.”

“Mas depois que o tratamento dissolveu a maioria dos meus tumores, eu fui capaz de fazer uma caminhada de 64 quilômetros.”

Leia mais

Fonte: Daily Mail