Notícia interessante é Notícia Alternativa - Ciência/Saúde/Cultura/Tecnologia

Pessoas que comem nozes não ganham peso facilmente – Saiba mais!

0 264

As pessoas que incluem oleaginosas em sua dieta são mais propensas a reduzir o ganho de peso e diminuir o risco de sobrepeso e obesidade, de acordo com uma nova pesquisa.

Durante o estudo feito pela Escola de Saúde Pública da Universidade de Loma Linda, na Califórnia, dados de dieta e estilo de vida foram coletados de mais de 373 mil indivíduos de 10 países europeus.

A pesquisa foi publicada no European Journal of Nutrition.

Os pesquisadores descobriram que os participantes ganharam uma média média de 2,1 quilos durante o período de cinco anos do estudo.

No entanto, os participantes que comeram a maioria das oleaginosas não só tiveram menos ganho de peso quanto seus pares, mas também gozaram de um risco menor de 5 por cento de se tornarem obesos ou com excesso de peso.

Estudos anteriores descobriram que as nozes estão positivamente associados a uma variedade de benefícios para a saúde, incluindo o envelhecimento saudável e a função da memória em idosos.

Este estudo, no entanto, representa a primeira vez que a relação entre oleaginosas e peso foi investigada em grande escala. Os amendoim foram incluídos no estudo, juntamente com amêndoas, avelãs, pistache e nozes, que são classificados como oleaginosas.

O autor principal do estudo, Dr. José Sabaté, recomenda que as pessoas comam mais oleaginosas, apontando que elas oferecem energia, gorduras boas, proteínas, vitaminas, minerais e fitoquímicos:

“Para mim, isso confirma que as nozes não são alimentos obesogênicos. Coma oleasginosas durante a refeição. Coloque-os no centro do seu prato para substituir os produtos de origem animal. Elas estão muito saciantes.”

Fonte: health.spectator.co.uk