Notícia Alternativa
Notícia interessante é Notícia Alternativa - Ciência/Saúde/Cultura/Tecnologia

Descobridores das ondas gravitacionais levam o Nobel da Física – Saiba mais!

0 287

Rainer Weiss, professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, Kip Thorne e Barry Barish, ambos do Instituto de Tecnologia da Califórnia, receberam o Prêmio Nobel de Física pela descoberta de ondulações no espaço-tempo, conhecidas como ondas gravitacionais.

As ondas gravitacionais foram previstas por Albert Einstein há um século, mas nunca haviam sido vistas diretamente.

Em fevereiro de 2016, uma colaboração internacional de físicos e astrônomos anunciou que haviam gravado as ondas gravitacionais provenientes da colisão de um par de buracos negros maciços, a mil milhões de anos-luz, hipnotizou o mundo.

O trabalho validou a previsão de longa data de Einstein de que o espaço-tempo pode agitar como geleia quando objetos maciços balançam seu peso, e colocou os astrônomos em termos íntimos com os mais profundos níveis de realidade física.

Link 100% seguro

Dr. Weiss, 85, Dr. Thorne, 77, e Dr. Barish, 81, foram os arquitetos e fundadores dessa colaboração, conhecida como LIGO, o Observatório de ondas gravitacionais de interferons a laser, juntamente com o falecido Dr. Ron Drever, também de Caltech, que morreu este ano.

O Dr. Barish, que dirigiu o projeto de 1994 a 2005, reorganizou o que foi um projeto brilhante e ambicioso, mas dinamizador, em um projeto bem gerenciado da Big Science, lançando as bases para o seu eventual sucesso.

A Teoria Geral da Relatividade de Einstein, pronunciada em 1916, sugeriu que a matéria e a energia variam a geometria do espaço-tempo da maneira como uma pessoa pesada afunda um colchão, produzindo o efeito que chamamos de gravidade.

Suas equações descreveram um universo em que o espaço e o tempo eram dinâmicos. O espaço-tempo poderia esticar-se, expandir-se, rasgar-se e colapsar em buracos negros – objetos tão densos que nem a luz pode escapar deles.

As equações predisseram, um pouco para o seu descontentamento, que o universo estava se expandindo do que chamamos de Big Bang e também previu que os movimentos de objetos maciços como buracos negros ou outros remanescentes densos de estrelas mortas ondulam espaço-tempo com gravitacional ondas.

Para maiores informações acesso: NYtimes

Inscreva-se no Notícia Alternativa
Inscreva-se no Notícia Alternativa
Inscreva-se para receber mais notícias e atualizações
Você pode desativar quando quiser