Novo crânio encontrado em Portugal revela parentes dos Neandertais

0 19

Há meio milhão de anos atrás, vários membros diferentes do nosso gênero, Homo, se espalharam por toda a Europa e Ásia, onde alguns eventualmente evoluíram em Neandertais.

Um crânio parcialmente descoberto recentemente está oferecendo outra pista para ajudar a resolver o mistério da ascendência dos neandertais.

Encontrado em 2014 na gruta da Aroeira, no centro de Portugal, o crânio (reconstrução tridimensional ilustrada) está firmemente datado de 400.000 anos de idade e um membro arcaico do nosso gênero Homo, de acordo com um estudo publicado hoje na revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

O crânio mostra uma nova mistura de características não vistas antes em fósseis de seres humanos – tem traços que o liga aos Neandertais, como um cume de sobrancelha fundido, bem como alguns traços primitivos que se assemelham a outros fósseis extintos na Europa.

Esta nova combinação de características em um crânio bem datado pode ajudar os pesquisadores a resolver como os diferentes fósseis na Europa estão relacionados entre si – e quais eventualmente evoluíram para neandertais.

Fonte: Science

Comentários

Loading...