Notícia interessante é Notícia Alternativa - Ciência/Saúde/Cultura/Tecnologia

Morcegos vampiros atacam pessoas em Salvador

0 336

Ataque incomum de animal causa caos entre os moradores de uma cidade do Nordeste do Brasil: morcegos vampiros.

Nos últimos três meses, morcegos vampiros morderam mais de 40 residentes e até mataram um homem em torno da cidade de Salvador na Bahia, informou a autoridade local de saúde (SESAB) e a agência de notícias pública Agência Brasil.

As vítimas eram principalmente pessoas idosas e crianças mordidas no meio da noite nas extremidades do corpo, como os pés, as mãos e a cabeça. O homem que morreu foi mordido por um morcego vampiro no município de Paramirim, sudoeste da Bahia, e só procurou cuidados 21 dias depois da mordida. Ele morreu de raiva.

A raiva

O vírus da raiva é o principal medo desses ataques de morcegos. Dentro de uma semana ou mais, o vírus irá infectar o cérebro e os nervos, e a doença é praticamente sempre fatal, uma vez que os sintomas aparecem.

A pessoa infectada apresentará uma febre grave semelhante a gripe, paranóia, confusão, alucinações e um medo da água conhecida como hidrofobia.

Em menos de um mês, a maioria das pessoas morrem de hipertensão e insuficiência respiratória. No entanto, a cada ano, centenas de milhares de pessoas sobrevivem à raiva graças ao tratamento pós-exposição, dos quais 99% dos casos são causados ​​por cães domésticos, de acordo com a Organização Mundial da Saúde.

Em animais infectados, esses sintomas estranhos tornam o indivíduo mais agressivo e rabioso, aumentando assim a chance de morderem outro animal e espalhar o vírus, o que é impressionantemente inteligente e totalmente aterrorizante. O SESAB agora está aconselhando as pessoas a vacinar seus animais de estimação e manter todas as janelas fechadas durante a noite.

Eles também aconselham as pessoas a procurarem imediatamente ajuda médica se acharem que foram mordidas e para lavar o local da ferida imediatamente com água e sabão. morcego-vampiro

Salvador e os morcegos vampiros

Salvador foi fundado pelos colonizadores portugueses no século 16 como a primeira capital do Brasil, muitos dos seus bairros estão repletos de grandes edifícios antigos.

Leia mais

As autoridades dizem que essas estruturas abandonadas poderiam estar atuando como o abrigo perfeito para os morcegos.

Além disso, a crescente urbanização e destruição do habitat estão empurrando as espécies para fora de suas casas rurais, forçando-as a entrar em contato cada vez mais com humanos. Uma vez que a área não tem muitos cavalos ou vacas, os morcegos se voltaram para o sangue humano.

Houve ataques semelhantes de ataques de morcegos vampiros nos últimos anos na América do Sul.

Em 2010, quatro crianças morreram e mais de 500 pessoas foram mordidas após um aumento de ataques de vampiros no Peru.