Conheça o microrganismo que está causando enorme preocupação nos EUA

0 46

Diretores do CDC alertam que um fungo é o microrganismo mais preocupante em seu radar no momento.

Candida auris, uma forma prejudicial de levedura, está emergindo como uma nova ameaça, principalmente em Nova York e Nova Jersey.

Identificado pela primeira vez no Japão em 2009, o fungo se espalhou para mais de doze países ao redor do globo.
Os EUA identificaram 66 casos desde 2013, com frequência crescente.

Autoridades de saúde soaram alarmes no ano passado porque dois dos três tipos de drogas antifúngicas comumente usadas tiveram pouco efeito no tratamento.

Os casos dos micróbios foram relatados primeiramente nos EUA em 2013, mas a maioria das 66 incidências foram relatadas ano passado.

O que também torna o fungo tão perigoso é o seu difícil reconhecimento e muitas vezes a má identificação como outras leveduras relacionadas.

“O fungo desperta a mesma preocupação das superbactérias”, disse o Dr. Paige Armstrong dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças.

Leia mais

O fungo foi encontrado em superfícies em quartos de hospitais e na pele de enfermeiros e pacientes – mesmo depois que os pacientes foram tratados com medicamentos antifúngicos.

Os mais vulneráveis ​​ao fungo são pacientes hospitalares frágeis, particularmente recém-nascidos e idosos.

Ele tende a ser diagnosticado em pacientes depois de estarem em hospitais durante várias semanas. O fungo pode infectar feridas, corrente sanguínea e no trato urinário.

Casos nos EUA

Os médicos dos EUA foram alertados para vigiar o fungo nos hospitais. Pacientes que foram submetidos a cirurgia recente, utilizados cateteres venosos centrais, ou foram hospitalizados por longos períodos, bem como aqueles com diabetes, estão particularmente em risco.

Cerca de 60 por cento dos que foram infectados com C. auris morreram, disse o CDC.

A agência alertou os hospitais dos EUA em junho de 2016, e novamente em novembro, para começar a observar o patógeno por causa da forma como ele se comporta de outras infecções fúngicas.

Dezessete pacientes de Nova York morreram, mas autoridades estaduais dizem que todos os infectados tiveram outras doenças e o fungo não foi necessariamente a causa da morte.

New Jersey teve 15 casos, e houve quatro em Illinois, bem como um caso cada em Indiana, Maryland e Massachusetts, de acordo com o CDC.

Fonte: Daily Mail

Comentários

Loading...