Notícia interessante é Notícia Alternativa - Ciência/Saúde/Cultura/Tecnologia

Pesquisadores identificam proteínas responsáveis pela metástase em diversos tipos de câncer

0 44

Pesquisadores da Mayo Clinic identificaram uma interação entre as proteínas que permite que as células cancerosas cresçam e se espalhem pelo corpo.

Eles dizem que a descoberta pode desempenhar um papel no desenvolvimento de uma melhor compreensão de como os tumores crescem em uma variedade de doenças malignas, incluindo mama, próstata, pâncreas, cólon, pulmão e câncer de pele. O trabalho foi publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

“Em nosso trabalho, identificamos uma interação direta entre a adesão quinase focal e a miosina que impulsiona a produção de proteínas promotoras de câncer”, diz Dr. Alexander Meves, MD, dermatologista da Mayo Clinic.

O Dr. Meves diz que as células cancerosas usam estas proteínas segregadas para criar andaimes rígidos e insolúveis que inibem a imunidade antitumoral e apoiam o crescimento tumoral e as metástases. Metástase é uma condição de risco de vida em que as células cancerosas rompem com o local onde se formaram e migram para outras áreas do corpo.

“As células cancerígenas são muito sensíveis ao seu ambiente e tentam se adaptar e se encaixar”, explica o Dr. Meves. “A quinase de adesão focal fornece a essas células informação sobre seu ambiente, especificamente a rigidez ou elasticidade do ambiente”.

O Dr. Meves diz que a miosina age como um motor que transfere a quinase de adesão focal da membrana celular para o seu núcleo. Ele diz que uma vez que a adesão quinase-miosina interagem, a quinase de adesão focal é transferida para o núcleo da célula para ajudá-la a se adaptar em seu ambiente através da transcrição gênica.

“Nossa esperança é que, com base nos dados estruturais apresentados em nosso trabalho, possa ser possível desenvolver drogas que inibem a progressão do câncer, bloqueando a interação da adesão quinase focal com outras proteínas”, diz o Dr. Meves.

Fonte: Eurekalert