Pesquisadores descobrem o animal mais barulhento da natureza – Ouça!

0 242

Um pássaro da Amazônia se tornou o animal mais barulhento já registrado.

O Sino-branco (Procnias albus) foi capturado em vídeo produzindo sua vocalização ensurdecedora e mais alto que uma serra elétrica ou um show de rock.

O pequeno pássaro branco com bico preto parece despretensioso e pesa apenas 250 gramas, mas emite o monstruoso ruído de 125dB ao procurar um companheiro.

Foi filmado entre as copas das árvores nas montanhas no norte da floresta amazônica, cantando para uma fêmea para tentar conquistá-la.

“Tivemos a sorte de ver as fêmeas se juntando aos homens em seus poleiros”, disse o professor Jeff Podos, biólogo da Universidade de Massachusetts.

“Nesses casos, vimos que os machos cantam apenas suas músicas mais altas.”

Em comparação com outros animais, o chamado do Sino branco é três vezes mais alto que o recorde anterior, o pássaro Crio-Crio.

O ouvido humano começa a ficar danificado quando ouve sons a partir de 85dB – cerca de 40dB abaixo do choro do pássaro.

Ficar a um metro de distância de uma buzina de carro quando dispara é igual a cerca de 110dB, enquanto uma broca pneumática – ou britadeira – é de 100dB.

Uma serra elétrica tem cerca de 120dB e música rock ao vivo é de 110dB.

Leia mais

Os pesquisadores não sabem como o pássaro consegue fazer um barulho tão alto, mas é preciso um esforço significativo.

À medida que as chamadas ficam mais altas, o professor Podos e seus colegas notaram que elas também se tornam mais curtas – potencialmente porque os pássaros ficam sem fôlego enquanto o fazem.

Esses pássaros têm músculos grossos no abdômen e costelas particularmente fortes, o que pode ajudá-lo a fazer o barulho, disseram os cientistas.

O professor acrescentou: ‘Não sabemos como os pequenos animais conseguem fazer tanto barulho. Estamos realmente nos estágios iniciais de compreensão dessa biodiversidade.”

A pesquisa foi publicada na revista Current Biology.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More