Legalização da maconha diminuiu índices de criminalidade nos EUA – Entenda!

0 449

Novo estudo mostrou é que houve um declínio nos crimes violentos e assassinatos nos estados que fazem fronteira com o México, onde a maconha é legalizada.

A última pesquisa publicada no The Economic Journal mostrou que o crime diminuiu 13% em média nos estados que fazem fronteira com o México desde a aprovação da maconha para uso médico apenas.

Como a maioria da maconha que é vendida nos EUA vem do México, onde é contrabandeada pelos sete principais cartéis que controlam o tráfico da área, os pesquisadores queriam saber se a discriminalização da erva afetava o crime nesses estados.

Evelina Gavrilova, economista e autor do estudo, disse ao The Guardian que as novas leis estão permitindo que os agricultores operem com mais sucesso e segurança, porque está permitindo que eles vendam a maconha legalmente.

“Esses produtores estão em concorrência direta com os cartéis da droga mexicanos que estão traficando a maconha com os EUA. Como resultado, os cartéis recebem muito menos negócios”. Garilova disse, sugerindo que menos atividades de cartéis diminuem a violência nesses estados fronteiriços.

Os pesquisadores analisaram os Relatórios Uniformes do Crime do FBI e os dados da DEA entre 1994 e 2012 e descobriram que os homicídios afiliados a drogas nestes estados diminuíram 41 por cento, enquanto o roubo diminuiu 19 por cento e o assassinato diminuiu 10 por cento.

Eles também observaram que a Califórnia mostrou a maior diferença nas taxas de criminalidade violenta – uma queda de 15% – após a mudança de lei, enquanto o Arizona mostrou redução de 7%.

maconha
A legalização da maconha e o impacto na violência.

Legalização para uso recreativo

Há muitos estados que tornaram legal o uso recreativo de maconha incluindo o Alasca, Califórnia, Oregon, Maine, Washington e Nevada.

Para alguns estados, a cannabis é legal apenas para aqueles que têm mais de 21 anos e as pessoas tem permissão para plantar até seis pés de maconha.

De acordo com a New Frontier Data, o mercado legal de cannabis nos EUA deverá subir para pelo menos US$ 24,1 bilhões em 2025, um grande salto em relação aos US$ 6,6 bilhões estimados em 2016.

“Quando o efeito sobre o crime é tão significativo, obviamente é melhor regular a maconha e permitir que as pessoas paguem impostos sobre isso, em vez de torná-la ilegal”, disse Gavrilova. “Para mim, é questão de lógica que a maconha deve ser legal e regulamentado, e os resultados vão para o Tesouro nacional”.

Além disso, o estudo também observou uma queda na violência nos estados que fazem fronteiras com os estados onde é legal vender e usar maconha, o que eles sugerem é mais uma evidência do argumento de que a legalização da maconha realmente está tendo um efeito positivo.

Fonte: IFLS

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Inscreva-se no Notícia Alternativa
Inscreva-se no Notícia Alternativa
Inscreva-se para receber mais notícias e atualizações
Você pode desativar quando quiser