Pesquisadores descobrem como produzir células resistentes ao HIV

0 27

Pesquisadores descobriram uma maneira de tornar as células resistentes ao HIV, revela um novo estudo.

Em um grande avanço, os cientistas têm usado anticorpos anti-HIV em células imunes, criando uma população de células resistentes ao vírus.

Estas células resistentes podem substituir rapidamente células doentes, tornando-a mais eficaz do que outras terapias – e potencialmente curar a doença mortal.

Os pesquisadores planejam colaborar com os pesquisadores do Centro de Terapia Genética , na Califórnia, para avaliar esta nova terapia em testes de eficácia e segurança, conforme exigido pelos regulamentos federais, antes do teste em pacientes.

A pesquisa, conduzida no Instituto de Pesquisa Scripps (TSRI) em San Diego, Califórnia, primeiro testou seu sistema contra o rinovírus, que é responsável por muitos casos do resfriado comum.

Eles usaram um vetor chamado lentivirus para entregar um novo gene para células humanas cultivadas. A equipe então conseguiu que células sintetizem anticorpos que se ligam com o receptor de células humanas que impede o rinovírus de entrar na célula.

Com os anticorpos monopolizando esse local, o vírus não pode entrar na célula para se reproduzir e consequentemente espalhar a infecção.

Leia mais

Células sem proteção de anticorpos morreram, deixando as células protegidas para sobreviver e se multiplicarem, passando o gene protetor para novas células.

Na técnica testada contra o HIV, todas as estirpes do vírus precisam se ligar ao receptor de superfície celular chamado CD4. Os anticorpos reconheceram o local de ligação de CD4, bloqueando o HIV de chegar ao receptor.

Os pesquisadores dizem que a nova técnica oferece uma vantagem significativa sobre as terapias onde os anticorpos flutuam livremente na corrente sanguínea a uma concentração relativamente baixa.

Fonte: Daily Mail

Comentários

Loading...