Guerra virtual – Grande ataque cibernético atinge bancos russos

0 9




Será o começo da guerra virtual? Um gigantesco ataque cibernético atingiu pelo menos cinco dos maiores bancos russos, permitindo que hackers acessassem 24.000 câmeras CCTV em 30 países, incluindo os EUA.

Os ataques atingiram cerca de 660 mil pedidos por segundo usando uma rede de mais de 24 mil dispositivos sequestrados localizados em 30 países.

O banco central da Rússia disse que os ataques usaram feitos de dispositivos eletrônicos conectados à internet, como câmeras CCTV ou gravadores de vídeo digitais conectados a escritórios e residências em todo o mundo.

O maior credor do país, o banco estatal Sberbank, disse que tinha sido invadido na terça-feira, mas conseguiu neutralizar o ataque automaticamente sem perturbar suas operações.

O gigante de segurança da Internet Kaspersky, de Moscou, afirmou em comunicado que a distribuição de ataques de negação (DDoS) começou na terça-feira às 13h (horário de Brasília) e visou os sites de pelo menos cinco instituições financeiras bem conhecidas na Rússia.

Os ataques continuaram na quinta-feira.

Leia mais

A maioria durou cerca de uma hora, mas a mais longa durou quase 12 horas, disse Kaspersky.

Os ataques DDoS envolvem sites de inundação com mais tráfego do que eles podem lidar, tornando-os difíceis de acessar ou derrubando-os completamente.

Mais de metade dos dispositivos estavam nos Estados Unidos, Índia, Taiwan e Israel, disse Kaspersky. O banco central da Rússia confirmou que havia identificado “ataques a um grande número de grandes bancos”, descrevendo sua intensidade como “médio” e dizendo que eles não interrompiam o acesso aos serviços bancários.

guerra virtual
Será esse o começo da guerra virtual?

Um executivo sênior do Sberbank, Stanislav Kuznetsov, disse à agência de notícias Interfax que o banco havia sofrido 68 ataques este ano e que o mais recente estava entre os maiores.

Kaspersky disse que os ataques DDoS “têm sido um dos instrumentos mais populares usados por criminosos para atacar empresas”.

Mais recentemente, Washington acusou a Rússia de usar ataques cibernéticos contra o Partido Democrata para tentar interromper as eleições presidenciais desta semana.

 

Fonte: Daily Mail

Comentários

Loading...