Conheça a história da gata que congelou nos EUA

0 373

Conheça a Fluffy, gata que congelou e sobreviveu após ficar enterrada na neve durante um dos períodos mais frios da história dos EUA.

Os proprietários da Fluffy encontraram a gata ao ar livre, congelada e presa, fora de sua casa em Kalispell, Montana, no dia 31 de janeiro e imediatamente a levaram para a clínica local de animais.

Pelo que parece, eles a resgataram no momento certo.

De acordo com os veterinários, a temperatura corporal de Fluffy caiu para menos de 32°C. De fato, ela estava tão fria que o termômetro não registrava sua temperatura e a equipe teve dificuldade em estabelecer o soro intravenoso.

Para o registro, a temperatura normal para um gato como Fluffy é em entre 37 e 39°C.

Amazing success and survival story from this week. Some clients found their injured cat buried in snow. They brought…

Posted by Animal Clinic of Kalispell on Tuesday, February 5, 2019

Andrea Dutter, diretora executiva da Clínica Animal de Kalispell, disse a repórteres que tentou elevar a temperatura corporal de Fluffy de várias maneiras diferentes, usando água morna, secador de cabelo e toalhas aquecidas.

“E finalmente, nós a colocamos em um canil aquecido”, disse ela, informa o The Washington Post.

Quando o gelo finalmente derreteu, a equipe notou sinais de lesões que impediram Fluffy de voltar para casa durante o período de frio.

A boa notícia é que Fluffy só teve que passar uma noite na clínica de animais antes de voltar para casa com suas seis outras vidas restantes intactas. Uma semana depois e ela já estava totalmente recuperada.

Fluffy não foi o único animal a congelar durante o vórtice polar que consumiu grandes áreas da América do Norte no mês passado, fazendo com que as temperaturas caíssem a – 40 ° C.

Leia mais

Fonte: IFLS

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More