Notícia interessante é Notícia Alternativa - Ciência/Saúde/Cultura/Tecnologia

Fungos no intestino aumentam a chance de asma

0 45

Pesquisadores acabam de adicionar um novo conjunto de atores para a multidão de micróbios intestinais que influenciam a saúde: fungos.

Até agora, o sequenciamento genômico do microbioma tem se concentrado principalmente em bactérias, disse Dr. Brett Finlay, um microbiologista da Universidade da Colúmbia Britânica em Vancouver, Canadá em uma sessão na reunião anual da AAAS.

Mas as células fúngicas foram estimadas como sendo a ordem de grandeza mais abundantes no corpo humano. Em 2015, Dr. Finlay e colegas identificaram quatro bactérias que pareciam proteger crianças canadenses de desenvolver asma.

Eles suspeitaram que esses micróbios moldaram o sistema imunológico humano ao estimular o aumento dos níveis de células imunomodulantes no intestino. Mas quando o grupo sequenciou o microbioma intestinal em um grupo de 100 crianças em Esmeraldas, no Equador – um cenário mais rural, mas com taxas de asma comparáveis ​​às do Canadá – o melhor preditor microbiano de asma não era uma bactéria, mas um gênero de levedura conhecida como Pichia (foto acim).

Bebês de três meses de idade que tinha o fungo em suas fezes foram mais propensos a desenvolverem asma com 5 anos. Como a levedura pode aumentar o risco de asma está longe de ser clara e provavelmente interage com espécies bacterianas para influenciar o sistema imunológico, diz Dr. Finlay.

Mas a descoberta é uma nova evidência de que os organismos fúngicos não devem ser ignorados. “A tecnologia está lá. Podemos fazer isso agora”, diz Dr. Finlay. “E eu acho que vai abrir outra camada de complexidade.”

 

Fonte: Science