Incêndios na Austrália podem deixar coalas “funcionalmente extintos”

0 220

À medida que a Austrália experimenta uma seca recorde e incêndios florestais, as populações de coalas diminuíram junto com seu habitat.

Esse terrível acontecimento na Austrália fez que com alguns cientistas e ambientalistas declarassem que os Coalas estão “funcionalmente extintos”. É importante ressaltar que nem todos os especialistas em coalas aceitaram essa afirmação.

A presidente da Fundação Australiana de Coala, Deborah Tabart, estima que mais de 1.000 coalas foram mortos pelos incêndios e que 80% de seu habitat foi destruído.

Incêndios florestais recentes, juntamente com a seca prolongada e o desmatamento, levaram os coalas a “extinção funcional”, de acordo com a Australian Koala Foundation.

No entanto, alguns pesquisadores questionam essa previsão, observando o quão difícil é medir as populações totais de coalas que podem ser muito maiores do que as estimadas pelo AKF.

O que significa “funcionalmente extintos”?

A extinção funcional ocorre quando uma população se torna tão limitada que deixa de desempenhar um papel significativo em seu ecossistema e a população não se torna mais viável.

Embora alguns indivíduos possam se reproduzir, o número limitado de coalas torna a viabilidade a longo prazo da espécie improvável e altamente suscetível a doenças.

O desmatamento e os incêndios florestais destroem a principal fonte de nutrientes dos coalas, o eucalipto. Um coala adulto come até 2 quilos de folhas de eucalipto por dia.

Embora as plantas de eucalipto voltem a crescer após um incêndio, levará meses, deixando nenhuma fonte de alimento adequada para os animais e a fome será um cenário provável para muitos.

Campanhas estão pedindo ao governo australiano a promulgação da Lei de Proteção contra Coala, escrita em 2016, mas nunca aprovada. A Lei de Proteção contra Coala funcionaria para proteger habitats e árvores vitais para os coalas, além de protegê-los da caça.

Leia mais

O Hospital Port Macquarie Koala criou uma página do Go Fund Me buscando doações para ajudar o hospital a tratar coalas feridos. Até o momento, eles levantaram US$ 1,33 milhão, bem acima da meta de US$ 25.000.

Parte de seu esforço é instalar bebedouros em áreas devastadas pelos incêndios. Os fundos também serão usados para uma “Arca de Coala”. Um refúgio para coalas queimados viverem em um habitat saudável durante a reabilitação.

Fonte: Forbes

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More