Conheça o falcão que atinge 300 km/h – Vídeo!

0 498

O caçador mais rápido do mundo, o falcão-peregrino, ataca a presa do céu a velocidades de mais de 300 quilômetros por hora.

Essa manobra vertiginosa, chamada de alpendre, dá às aves de rapina comedoras de aves um elemento de surpresa e permite que elas superem suas presas. Mas não seria possível em velocidades de ataque mais lentas, de acordo com um novo estudo.

Os mergulhos dos falcões acontecem tão rapidamente que é quase impossível estudar certos aspectos em tempo real.

Assim, os pesquisadores se voltaram para simulações em 3D que mostravam falcões peregrinos gerados por computador, tentando capturar pássaros comuns gerados por computador.

A equipe descobriu que quando o alvo voou em uma rota linear, o predador mergulhava a cerca de 150 quilômetros por hora.

Mas se a presa estava tentando evitar a captura, voando em direções diferentes, então o falcão tinha a maior chance de sucesso, inclinando-se a velocidades muito maiores – cerca de 360 ​​quilômetros por hora – a equipe reporta hoje na revista PLOS Computational Biology.

Era de se pensar que as velocidades de ataque mais altas tornariam mais difícil para os falcões se ajustarem a um alvo em movimento. Mas o oposto acabou por ser verdade: os predadores eram mais manobráveis ​​em velocidades mais altas porque podiam gerar mais força de viragem; só então conseguiram superar os estorninhos altamente ágeis.

Portanto, as alpendres não ajudam apenas os falcões a alcançar rapidamente as presas – elas também ajudam os predadores a mudar de direção.

Vídeo: