Notícia Alternativa
Notícia interessante é Notícia Alternativa - Ciência/Saúde/Cultura/Tecnologia

Espectro autista pode estar ligado a doença infecciosa muito comum

0 69

As mulheres ativamente infectadas com herpes genital durante a gravidez precoce tinham duas vezes as chances de dar à luz a uma criança diagnosticada com distúrbio do espectro autista (ASD).

O estudo foi realizado por cientistas do Centro de Infecção e Imunidade da Universidade de Columbia Mailman School of Public Health e o Instituto Norueguês de Saúde Pública.

O estudo é o primeiro a fornecer evidências imunológicas sobre o papel da infecção gestacional no autismo, relatando uma associação entre anticorpos maternos anti-herpes – simplex vírus-2 (HSV-2) – e o risco de autismo na prole. Os resultados aparecem em mSphere, um jornal da sociedade americana de microbiologia.

“Acreditamos que a resposta imune da mãe ao HSV-2 poderia estar interrompendo o desenvolvimento do sistema nervoso central do feto, aumentando o risco de autismo”, diz a autora principal Dra. Milada Mahic, cientista de pesquisa pós-doutorado do Centro de Infecção e Imunidade e do Instituto Norueguês de Saúde pública.

Os autores não acreditam que o risco seja devido à infecção direta do feto porque tais infecções são tipicamente fatais. Em vez disso, eles sugerem que os resultados do desenvolvimento neurológico são devidos à primária ou reativação da infecção em mães com inflamação em grande proximidade com o útero.

Cerca de uma em cada cinco mulheres americanas carrega HSV-2, também conhecido como herpes genital, uma infecção altamente contagiosa e ao longo da vida geralmente se espalha através do sexo.  Após um surto inicial, o vírus HSV-2 vive em células nervosas e é muitas vezes inativo.

Mais estudos

De acordo com os autores, é necessário um estudo mais aprofundado para determinar se é necessário o rastreio e a supressão da infecção por HSV-2 durante a gravidez.

“A causa ou causas da maioria dos casos de autismo são desconhecidas”, diz o autor sênior Dr. Ian Lipkin, diretor do Centro de Infecção e Imunidade. “Mas a evidência sugere um papel tanto para fatores genéticos quanto ambientais, e nosso trabalho sugere que a inflamação e a ativação imune podem contribuir para o risco.”

O vírus Herpes simplex-2 pode ser um dos agentes infecciosos envolvidos na condição.

 

Fonte: Eurekalert