Sua saúde pode ser afetada pelo que seus pais comeram?

0 35

Os cientistas mostraram que a obesidade e diabetes podem ser epigeneticamente herdado pelos descendentes através dos ovócitos e espermatozóides.

Para os seus estudos, a equipe do Instituto de Genética Experimental (IEG) usaram ratos que tinham se tornado obesos e tinham desenvolvido diabetes tipo 2, devido a uma dieta rica em gordura. Seus descendentes foram obtidos exclusivamente através de fertilização in vitro (FIV) de oócitos isolados e esperma, para que as alterações na prole, fosse transmitida através dessas células. Os filhotes foram fertilizados em mães substitutas saudáveis. Isto permitiu aos pesquisadores descartarem fatores adicionais, tais como o comportamento dos pais e influências da mãe durante a gravidez e lactação.

“Os resultados mostraram que tanto os ovócitos quanto os espermatozóides repassaram informações epigenética, que particularmente na prole feminina levou a obesidade grave”, disse o professor Johannes Beckers, que dirigiu o estudo. Na descendência masculina, por outro lado, o nível de glicose no sangue foi mais afetada do que nas irmãs do sexo feminino.

Os dados também mostram que – como em seres humanos – a contribuição materna para a mudança no metabolismo na descendência é maior do que a contribuição paterna.

* Epigenética: Em contraste com a genética, o termo epigenética refere-se a sucessão de traços que não são determinadas na sequência primária de genes. Até agora, os transcritos de RNA e modificações químicas da cromatina (por exemplo, as histonas) têm sido considerados como os transportadores de informação epigenética.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More