País contraria população e proíbe ensino da Teoria da Evolução

0 16

O ministério da educação da Turquia, anunciou no início do ano uma medida na qual proíbe o ensino da teoria da evolução nas escolas secundárias.

O presidente turco Recep Erdoğan ignorou a opinião da população e manteve a retirada da Teoria da Evolução da grade escolar. Mesmo que a maior parte da população ter rechaçado a proposta em uma consulta sobre o tema.

A medida de Erdoğan é um duro golpe no racionalismo, abrindo espaço para o fortalecimento da ignorância científica do povo turco. Essa postura sinaliza uma aproximação de Erdoğan a posições que convergem com o  fundamentalismo Islâmico.

A exclusão do ensino da Teoria da Evolução também ocorre nos territórios controlados pelo estado Islâmico. Nas regiões do Iraque onde o EI (Estado Islâmico) tem o controle territorial tudo o que faz referência à teoria darwinista da evolução foi banido das aulas de Ciências. Isso se deve, segundo representantes do E.I, ao fato que: “toda a criação se deve a Deus, o Altíssimo”. Além disso, disciplinas como arte e música, história e geografia e literatura foram excluídos da grade curricular nos territórios ocupados.

A ação do governo turco gerou revolta por parte de cientistas e educadores.  O cientista Cagatay Tavsanoglu, presidente da Sociedade Turca de Ecologia e Biologia Evolucionária, escreveu carta para revista Nature denunciando a alteração e pedindo à comunidade científica internacional apoio para o retorno da disciplina ao currículo das escolas turcas.

 

Fonte: Nature

Comentários

Loading...