Dieta vegana diminui risco de câncer de próstata

0 249

Homens que comem bifes, hambúrgueres e pizza têm um risco maior de câncer de próstata do que seus pares com dieta vegana, afirma um novo estudo.

De fato, aqueles diagnosticados com câncer de próstata em estágio inicial podem atrasar ou até impedir que a doença progrida usando apenas a dieta.

De acordo com pesquisadores da Universidade McGill, que descobriram que um gene envolvido no progresso do câncer de próstata (conhecido como MYC) é estimulado por alimentos gordurosos e carne vermelha.

O estudo, publicado na semana passada na Nature Communications, envolveu dados genéticos de 319 pacientes com câncer de próstata.

Os pesquisadores descobriram que, independentemente da idade ou status de obesidade, pacientes com alto consumo de gorduras tinham níveis mais altos de atividade do gene MYC. Tinham uma forma mais agressiva de câncer de várias maneiras.

A descoberta

Reunindo os dados, eles descobriram que os pacientes tinham quatro vezes mais chances de morrer de câncer de próstata se tivessem altos níveis de expressão do MYC.

Eles testaram sua teoria em um modelo de camundongo e viram o mesmo efeito, e descobriram que uma intervenção na dieta – cortar carnes e gordura saturada – diminuiu e até interrompeu a doença. Eles enfatizam que a dieta vegana pode ser a chave contra essa doença.

“A superexpressão do MYC religa profundamente os programas celulares e reforça uma assinatura transcricional distinta”, Dr. David P. Labbé, professor assistente no departamento de cirurgia da divisão de urologia da Universidade McGill.

‘MYC é um fator-chave na tumorigênese, ou seja, induz propriedades malignas nas células normais e alimenta o crescimento de células cancerígenas.’

As descobertas se somam a um robusto histórico de pesquisas que mostram que as taxas de câncer de próstata são mais altas em países que consomem uma “dieta ocidental” tipicamente de carne vermelha e gorduras.

Leia mais

“Estudos epidemiológicos relataram anteriormente que a ingestão de gordura saturada está associada à progressão do câncer de próstata”, disse Dr. Labbé.

“Nosso estudo fornece uma base mecanicista para esse link. É uma base para o desenvolvimento de ferramentas clínicas destinadas a reduzir o consumo de gordura saturada e aumentar as chances de sobrevivência”.

Fonte: Daily Mail

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More