Notícia interessante é Notícia Alternativa - Ciência/Saúde/Cultura/Tecnologia

Cura para pedofilia é possível? Cientistas Suecos dizem que sim

0 130

Degarrelix é uma droga normalmente usada para tratar câncer de próstata. Mas os pesquisadores na Suécia acreditam que poderia ajudar na cura para pedofilia e evitar que crianças sejam abusadas sexualmente.

Cientistas suecos dizem ter encontrado uma droga que pode ajudar a impedir os pedófilos de abusar sexualmente de crianças.

Pesquisadores do Instituto Karolinska, em Estocolmo têm vindo a utilizar doenções pela internet para arrecadar dinheiro suficiente para realizar um ensaio clínico da droga, degarrelix, que normalmente é usado para tratar câncer da próstata.

cura para pedofiliaE mesmo que eles ainda tnham de cumprir a meta, o principal pesquisador do estudo diz que eles estão se movendo para seguir em frente com os testes.

“Precisamos mudar o foco, precisamos olhar a longo prazo. De que adianta fazer algo depois que o dano já está feito, precisamos prevenir o abuso sexual de acontecer, em primeiro lugar”, disse Dr. Christoffer Rahm para a Sky News.

Degarrelix reduz drasticamente os níveis de testosterona no corpo. E os pesquisadores querem ver se isso poderia ajudar na cura para pedofilia, atraves da diminuição dos impulsos que um pedófilo tem para abusar sexualmente de uma criança.

Uma vez que o estudo começa a andar, a equipe planeja recrutar 60 homens que procurarem tratamento para impulsos de pedofilia, mas nunca abusaram sexualmente uma criança.

Em metade dos participantes será dada uma única injeção de degarrelix, enquanto a outra metade receberá um placebo.

Os pesquisadores esperam que a exposição pública da campanha de arrecadação on-line cresça e convença financiadores tradicionais a financiar o estudo. Eles esperam concluir o estudo clínico em cerca de três anos e finalmente encontrar a cura para pedofilia.

A pedofilia está entre as doenças classificadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) entre os transtornos da preferência sexual. Pedófilos são pessoas adultas (homens e mulheres) que têm preferência sexual por crianças – meninas ou meninos – do mesmo sexo ou de sexo diferente, geralmente pré-púberes (que ainda não atingiram a puberdade) ou no início da puberdade, de acordo com a OMS.

Fonte: Newsy