Cura da asma pode estar mais próxima e graças à um parasita.

0 25

Remédio para a cura da asma pode estar no horizonte. Isso é graças a um parasita tropical que vive no intestino.

A proteína produzida pelo ancilostomíase – uma causa comum de infecções estomacais conhecida como amarelão – aliviou dificuldades respiratórias em camundongos.

Os cientistas dizem que o composto – apelidado de AIP-2 – também é um candidato promissor para as alergias em seres humanos. Agora, especialistas estão esperançosos que a proteína pode ser transformada em a primeira pílula para cura da asma.

A descoberta segue ensaios clínicos que mostram ancilostomídeos – encontrado na África, América do Sul/Norte e sudeste da Ásia – protege o corpo contra a doença inflamatória intestinal (DII).

Pesquisadores da Universidade James Cook, na Austrália, testaram o AIP-2 em células humanas. Os ratos tratados com a proteína desenvolveram menor inflamação após serem expostos a um alérgeno.

A descoberta vem depois de uma pesquisa em julho ter encontrado que metade do Reino Unido vai sofrer de febre do feno, asma ou algum tipo de alergia até 2026 se as tendências atuais continuarem.

O estudo foi publicado na revista Science Translational Medicine.

 

Fonte: Daily Mail

 

 

Comentários

Loading...