Pesquisa encontra associação entre qualidade do sono e crenças paranormais

crenças paranormais
0 527

Um estudo recente publicado na revista “The Skeptic” sugere que a falta de qualidade de sono durante a pandemia de Covid pode ter aumentado as crenças paranormais.

O estudo foi baseado em dados de 8.853 participantes e investigou a relação entre a qualidade do sono e as crenças paranormais.

Os resultados mostraram que uma pior qualidade de sono estava associada a uma maior crença em vida após a morte, fantasmas, demônios, comunicação com os mortos, experiências de quase-morte como evidências de vida após a morte e visitação de extraterrestres na Terra.

Além disso, o estudo também encontrou uma correlação entre a síndrome de paralisia do sono e a crença em vida após a morte com base em experiências de quase-morte.

Embora os resultados sejam apenas correlacionais, os autores acreditam que eles podem ser explicados pelos efeitos da privação de sono na memória, atenção e tendência a ter alucinações.

Os principais pontos fortes deste artigo são seu foco em um assunto pouco estudado e o grande tamanho da amostra. No entanto, os autores também destacam algumas limitações, além do fato de que os dados são puramente correlacionais.

Os participantes se auto-selecionaram e é muito provável que aqueles que já experimentaram paralisia do sono e/ou síndrome de cabeça explodida tenham sido sobre-representados. Além disso, mais de 90% da amostra se classificou como branca e nossos resultados podem não ser generalizáveis para outros grupos étnicos.

Por fim, todos os dados foram produzidos por auto-relato e não por meios mais objetivos. Futuras pesquisas devem ter como objetivo abordar essas limitações.

Fonte: The Skeptic

Deixe um comentário

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência Aceitar Leia Mais