Por que cortes com papel doem tanto? Resposta aqui!

0 576

É muito comum ouvirmos relatos de pessoas que testemunharam cortes com papel. Esse tipo de machucado aparenta doer mais que outros cortes mais sérios, e é isso mesmo de acordo com a ciência.

Fisicamente, os cortes feitos com papel doem tanto por diversas razões. Eles geralmente ocorrem em partes do nosso corpo que são mais sensíveis, como os dedos, lábios ou língua.

As redes nervosas dessas partes do corpo podem discriminar com excepcional clareza e especificidade, sensações de pressão, calor, frio e ferimentos. Nossos cérebros ainda têm áreas especializadas para receber sinais provenientes dessas partes em alta definição.

As requintadas habilidades sensoriais que tornam nossos dedos, lábios e língua tão bons naquilo que normalmente fazem, também tornam as lesões ainda mais dolorosas.

Essas mesmas áreas altamente sensíveis também são partes que usamos o tempo todo.

Cortes nos dedos, lábios e língua tendem a reabrir ao longo do dia nos condenando a reviver a dor várias vezes.

Finalmente, a profundidade da ferida é perfeita para expor e excitar as fibras nervosas da pele, sem danificá-las, do mesmo modo que uma lesão mais profunda e destrutiva pode danificar gravemente as fibras nervosas, prejudicando sua capacidade de sentir a dor.

Com um corte de papel, as fibras nervosas são excitadas e estão totalmente operacionais.

Como reduzir a dor de cortes com papel?

Primeiro, lave o corte assim que puder com água e sabão. Isso reduzirá a chance de infecção e ajudará a ferida a cicatrizar rapidamente. Mantenha a ferida limpa e, se possível, durante alguns dias, cubra-a com um pequeno curativo para proteger a ferida e limitar a reabertura.

Essa pode parecer um dica comum esses ferimentos mas se cortar com papel pode nos deixar um pouco mais simpáticos às dores de nossos vizinhos, e um pouco mais humildes, então talvez cortes de papel nos façam bem também.

Leia mais

Fonte: IFLS

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More