Animação mostra contaminação de coronavírus no metrô – Assista!

0 265

Uma pessoa infectada com coronavírus pode transmiti-lo apenas conversando com alguém em um ambiente fechado, como um trem, metrô ou um pequeno escritório, revelam simulações.

Em uma simulação de viagens no metrô, produzida pela empresa de software MSC, uma pessoa infectada pode ser vista literalmente cobrindo outros passageiros com o COVID-19, apenas conversando.

Os pesquisadores descobriram que alguém conversando com um amigo no metrô pode “revestir os outros” com o coronavírus, mesmo que não espirre ou tosse.

O novo modelo, analisando as formas como as gotículas da respiração se espalham em espaços fechados, surge quando a Grã-Bretanha se prepara para voltar ao trabalho.

Dr. Julian Tang, especialista em doenças respiratórias da Universidade de Leicester, disse à BBC News que as gotículas produzidas pela fala não viajam tão longe quanto de um espirro ou tosse, mas os pesquisadores dizem que ainda é perigoso o suficiente para transmitir o vírus.

“Mas eles podem viajar o suficiente para afetar seu amigo sentado à sua frente ou alguém que está conversando com você”, disse ele.

“Quando você está conversando com um colega, não os toca, não cuspe neles, a maior parte da interação é por fala e respiração.”

A empresa MSC Software, que criou a simulação, diz que usar uma máscara é essencial para retardar a propagação do vírus.

Eles descobriram que muitas gotas são expelidas da boca e do nariz um minuto depois de alguém começar a falar e passam a revestir outras pessoas próximas.

Isso pode ser atenuado pelo uso de uma máscara facial, que bloqueia a maioria das gotículas para a frente quando as pessoas falam, respiram e até tossem ou espirram, dizem os pesquisadores.

Veja o vídeo abaixo ou clique aqui:

Fonte: Daily Mail

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência AceitarLeia Mais