Colisão de estrelas iluminará o céu noturno em 2022

0 51

Uma equipe de astrônomos está fazendo uma previsão ousada: Em 2022 (podendo ser 2021 ou 2023), um par de estrelas irão se fundir e explodir, tornando-se um dos objetos mais brilhantes no céu por um curto período.

É notoriamente difícil prever quando ocorrerão tais catástrofes estelares, mas este par de estrelas estão envolvidos em uma dança bem documentada que inevitavelmente virá à tona nos próximos anos, dizem os pesquisadores.

Os pesquisadores começaram a estudar o par, conhecido como KIC 9832227, em 2013, antes de terem certeza se era realmente um binário ou uma estrela pulsante. Eles descobriram que a velocidade da órbita estava gradualmente ficando cada vez mais rápida, implicando que as estrelas estão se aproximando.

A dupla está muito perto, na verdade, eles compartilham uma atmosfera. O comportamento da KCI 9832227 lembrou os pesquisadores de outro par binário, V1309 Scorpii, que também tinha uma atmosfera combinada, estava girando cada vez mais rápido e explodiu inesperadamente em 2008.

Agora, após dois anos de estudo cuidadoso para confirmar a rotação acelerada e eliminar alternativas, a equipe relatou hoje na reunião anual da sociedade astronômica americana que o par explodirá como uma “nova vermelha” – uma explosão causada por uma fusão binária – em aproximadamente 5 anos.

Os cientistas continuarão a monitorar a KCI 9832227 nos próximos anos para firmar sua previsão e aprender mais sobre como tal espiral de morte termina em uma nova vermelha. Astrônomos amadores podem estudá-lo, também, medindo como ele flutua em brilho a uma taxa cada vez maior. E quando colidirem, todos nós poderemos apreciar o show.

 

Fonte: Science magazine

Leia mais

Comentários

Loading...