Emissão de CO2 caiu drasticamente em 2020 – Entenda!

poluição atmosférica co2
0 256

A emissão de CO2 caiu 17%, de cerca de 100 milhões de toneladas para 83 milhões de toneladas, no início de abril, em comparação com as emissões diárias médias em 2019.

A pesquisa foi publicada hoje na Nature Climate Change.

Entre outras mudanças, o bloqueio de voos, redução do tráfego de veículos e alteração dos padrões de consumo de energia das pessoas contribuíram com a redução.

Quantificar o impacto dessas mudanças nas emissões globais de CO2 em tempo real é complicado; a maioria dos dados de emissões é relatada anualmente, não dia a dia ou mês a mês.

Portanto, a cientista Dra. Corinne Le Quéré, da Universidade de East Anglia, em Norwich, Inglaterra, e seus colegas usaram dados diários como demanda de eletricidade, congestionamento da cidade e leituras de medidores inteligentes em residências para estimar as emissões em 69 países.

Em seguida, os pesquisadores criaram um “índice de confinamento” baseado no rigor das políticas impostas pelos governos de diferentes localidades e ao longo do tempo.

Durante os períodos de confinamento mais rigorosos, quando apenas os trabalhadores essenciais podiam comutar, as atividades diárias da aviação diminuíam 75%, informa a equipe.

O transporte de superfície foi reduzido em cerca de 50%, enquanto o uso de energia diminuiu cerca de 15%.

Se o mundo retornar a um nível pré-pandêmico de atividade em meados de junho, dizem os pesquisadores, as emissões de 2020 serão cerca de 4% mais baixas que em 2019. Se algumas restrições persistirem até o final do ano, as emissões de 2020 poderão ser 7% menor.

Coronavírus ajudou a alcançar o acordo de Paris?

Esse declínio nas emissões relacionadas ao COVID-19 não é sustentável e tem um custo muito alto, diz o co-autor Dr. Rob Jackson, cientista ambiental da Universidade de Stanford.

No entanto, destaca a profundidade dos cortes necessários para alcançar as metas de emissões estabelecidas pelo Acordo de Paris de 2015.

Para limitar o aquecimento a 1,5 graus Celsius até 2100, os países precisariam reduzir as emissões em 7,6% a cada ano durante a próxima década, dizem os cientistas.

Fonte: Science News

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência AceitarLeia Mais