Cardeal metade macho, metade fêmea é fotografado – Confira!

0 450

Observadores de pássaros, biólogos, amantes da natureza, são pessoas passam anos espionando a vida das aves na esperança de ver, talvez até capturando diante das câmeras, uma visão rara e maravilhosa.

Um casal da Pensilvânia fez exatamente isso, quando notaram um passarinho muito incomum no jardim.

Um dos lados do pássaro, um cardeal do norte (Cardinalis cardinalis), tinha metade da espetacular plumagem icônica do macho, e a outra metade, o suave castanho-esverdeado da fêmea. Sim, ele se dividia ao meio.

“Nunca pensamos que veríamos algo assim em todos os anos em que estivemos nos alimentando”, disse Shirley Caldwell à National Geographic, depois que ela e seu marido, Jeffrey, viram o pássaro em seu jardim em Erie, na Pensilvânia.

O pássaro apareceu algumas semanas atrás, e ela tirou a foto enquanto estava relaxando em uma sequoia da madrugada a apenas nove metros da janela da cozinha.

Então, seria realmente um indivíduo metade macho e metade fêmea?

Sim. Embora raro, o ginandromorfismo bilateral – onde a aparência externa de uma espécie é dividida ao meio, metade macho e metade fêmea – foi observado em uma variedade de organismos, incluindo pássaros, insetos e crustáceos.

Na verdade, isso ocorre com mais frequência do que se pensa, e só percebemos isso quando é realmente óbvio, como em uma espécie sexualmente dimórfica, em que há diferenças na aparência de machos e fêmeas adultos.

A determinação do sexo nas aves é basicamente o oposto dos humanos. Em vez de as fêmeas terem duas cópias do mesmo cromossoma sexual (XX) e o macho ter uma cópia de cada uma delas (XY), nos pássaros ocorre o contrário.

Os cromossomos das aves são Z e W, então a fêmea tem ZW e o macho ZZ. Assim, o esperma masculino só carrega Z, enquanto as fêmeas produzem ovos com Z ou W.

A ginandromorfia ocorre de maneira diferente em diferentes espécies.

Leia mais

Nas aves, pensa-se que acontece quando um óvulo se desenvolve com dois núcleos, um com um Z e o outro com um W. Se for fertilizado por dois espermatozóides ZZ, o embrião transportará as células ZW e ZZ.

Confira as fotos desse belo Cardeal:

Who would've thought that my pictures of my unusual cardinal would lead to this. One person saw it and shared to the right person… And it took right off! Wow! Thank you Maureen ❤️❤️ You've been amazing💕

Posted by Shirley Caldwell on Thursday, January 31, 2019

Fonte: IFLS

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More