Assista cientistas criando campo magnético mais forte da história

0 526

Pesquisadores da Universidade de Tóquio estabeleceram um novo recorde quando criaram o campo magnético interno controlável mais forte de todos os tempos. E subsequentemente explodiram seu laboratório no processo.

Ambos os eventos incríveis podem ter acontecido em menos tempo do que você leva para piscar os olhos, mas a coisa toda foi capturada no vídeo abaixo.

O gerador foi construído em um laboratório especialmente projetado para testar suas propriedades de material, que usa um método conhecido como compressão de fluxo eletromagnético.

A equipe esperava que o campo magnético atingisse o pico em torno de 700 Teslas (a unidade padrão para medir a força do campo magnético). Incrivelmente o experimento atingiu cerca de 1.200 Teslas.

Isso significa que é cerca de 400 vezes maior do que os campos gerados pelos poderosos ímãs usados ​​em máquinas de ressonância magnética e cerca de 50 milhões de vezes mais fortes que o próprio campo magnético da Terra.

Para comparação, um imã de geladeira tem uma força de apenas 0,01 Tesla.

Vamos esclarecer aqui: não é o maior campo magnético já produzido. Em 2001, pesquisadores russos criaram um campo magnético usando explosivos que chegaram a 2.800 Teslas, que eram tão fortes e incontroláveis ​​que também explodiam seus equipamentos, mas não podiam ser domados.

Físicos da universidade dizem que seu campo magnético controlável ampliará nossa compreensão de como alcançar o “limite quântico” necessário para a fusão nuclear, um gerador de energia teórico que usa energia nuclear para produzir calor para eletricidade em busca de energia limpa.

O experimento da Universidade de Tokyo durou apenas um milésimo de segundo, mas foi mantido por mais tempo que qualquer outra tentativa similar.

Confira o vídeo:

 

 

Leia mais

Fonte: IFLS

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More